Siga-nos
Scott Garfitt/PxImages

UFC

Paddy Pimblett lidera lista de ganhadores do bônus de performance do UFC Londres

Ao contrário do que ocorreu no evento de março, na primeira passagem do UFC por Londres em 2022, quando nove bônus foram distribuídos para os atletas de melhor desempenho no show, neste sábado (23), apenas quatro lutadores foram contemplados com os 50 mil dólares (cerca de R$ 275 mil) extras. Entre os premiados, destaque para a dupla Paddy Pimblett e Molly McCann, responsáveis por levantar o público presente com suas atuações.

Se no primeiro UFC Londres do ano nove das 12 lutas do card foram encerradas pela via rápida, desta vez, apenas cinco combates, de um total de 14, foram decididos via finalização ou nocaute, sendo que um deles – o main event entre Tom Aspinall e Curtis Blaydes – durou apenas 16 segundos por conta da lesão na perna sofrida pelo peso-pesado inglês.

Lutador mais ovacionado pelo público presente na ‘O2 Arena’, Paddy Pimblett finalizou Jordan Leavitt no card principal do evento e encabeçou a lista de premiados com o bônus de ‘Performance da Noite’. Companheira de equipe da jovem promessa do MMA britânico, Molly McCann garantiu sua segunda vitória por nocaute seguida, a terceira consecutiva, ao levar à lona a americana Hannah Goldy. Pela atuação, a inglesa também levou 50 mil dólares extras para casa.

Além dos dois lutadores da casa, Jonathan Pearce e Nikita Krylov, que nocautearam Makwan Amirkhani e Alexander Gustafsson, respectivamente, também foram escolhidos para receber o prêmio de ‘Performance da Noite’ do UFC Londres, embolsando, cada um, a mesma quantia destinada a Pimblett e McCann.

Confira os resultados do UFC Londres:

Curtis Blaydes venceu Tom Aspinall por nocaute técnico (lesão);
Jack Hermansson venceu Chris Curtis por decisão unânime dos juízes;
Paddy Pimblett venceu Jordan Leavitt por finalização;
Nikita Krylov venceu Alexander Gustafsson por nocaute técnico;
Molly McCann venceu Hannah Goldy por nocaute técnico;
Volkan Oezdemir venceu Paul Craig por decisão unânime dos juízes;
Ludovit Klein venceu Mason Jones por decisão unânime dos juízes;
Marc Diakiese venceu Damir Hadzovic por decisão unânime dos juízes;
Nathaniel Wood venceu Charles Rosa por decisão unânime dos juízes;
Jonathan Pearce venceu Makwan Amirkhani por nocaute técnico;
Muhammad Mokaev venceu Charles Johnson por decisão unânime dos juízes;
Jai Herbert venceu Kyle Nelson por decisão unânime dos juízes;
Victoria Leonardo venceu Mandy Bohm por decisão unânime dos juízes;
Nicolas Dalby venceu Cláudio ‘Hannibal’ por decisão unânime dos juízes.

Mais em UFC