Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Nate Diaz revela que recusou luta contra ‘novato’ Chimaev no UFC: “Não fale meu nome”

Na reta final de sua trajetória no UFC, Nate Diaz não se mostra disposto a aceitar qualquer tipo de combate. Atualmente, o veterano possui apenas mais uma luta em seu contrato com a maior organização de MMA do mundo e indica que vai aguardar por um oponente consolidado no esporte. Sendo assim, o ‘bad boy’ americano revelou que recusou enfrentar o já temido Khamzat Chimaev.

Recentemente, o sueco informou que Nate é um de seus principais alvos no UFC e até avisou para o mesmo se preparar, pois iria mostrar quem, de fato, é o verdadeiro ‘gangster’ da modalidade. Ao tomar conhecimento do desejo de Chimaev, Dana White, líder da organização, também expressou seu interesse em oficializar o combate entre os lutadores, porém o veterano frustrou os planos de ‘Borz’ e do cartola.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Nate minimizou a ascensão de Chimaev no UFC e não se mostrou impressionado com suas atuações no octógono. Como o americano se transformou em uma estrela da organização após vencer Conor McGregor, em 2016, explicou que seu objetivo é enfrentar um adversário renomado na última luta de seu contrato com a companhia e não atletas que ainda buscam espaço nela para se firmar entre os melhores. De acordo com o ‘bad boy’, o hipotético duelo contra ‘Borz’ nem deveria ser cogitado.

“O UFC está vindo para cima de mim com Chimaev  e eu digo para não me desrespeitar desse jeito, tentando me oferecer uma luta com um novato. Legal, você tem quatro lutas no UFC, mas não fale meu nome. Lute contra os caras mais novos do UFC”, declarou o veterano, antes de completar.

Há níveis para isso e eu nem quero ouvir o nome dele. Chimaev, se você está aí, não seja uma p***, meu amigo está bem aqui, lute com ele. Qualquer pessoa no nível superior, mesmo jogando junto com Chimaev, você também é uma p***, aceitando essa m****. Ele é um novato. Lide com novos lutadores. Top-5, estou lutando contra um cara no top-5 o mais rápido possível. Vamos fazer isso em janeiro”, concluiu.

Nate Diaz, de 36 anos, é um dos lutadores de maior popularidade no MMA atual, mas vive má fase. O atleta perdeu três das últimas quatro lutas que disputou, sendo a mais recente realizada em junho, contra Leon Edwards. Ao menos, o americano voltou a ficar ativo no UFC, já que não atuava desde 2019. Seus principais triunfos no esporte foram diante de Anthony Pettis, Conor McGregor, Donald Cerrone, Gray Maynard, Jim Miller, Melvin Guillard, Michael Johnson e Takanori Gomi.

Mais em UFC