Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Moreno chama empresário de Deiveson de ‘falso’ e provoca rival: “Meu patrocinador”

Se antes o clima entre Brandon Moreno e Deiveson Figueiredo era hostil, passou a ficar pior após as declarações dos atletas. O campeão do peso-mosca (57 kg) e o antigo detentor do cinturão da categoria vão realizar a trilogia válida pelo título no UFC 270, evento que acontece dia 22 de janeiro, na Califórnia (EUA), e seguem se provocando. Agora, o mexicano também apelou para o ‘trash talk’ e seu alvo não foi apenas o rival.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Moreno revelou que é estressante lidar com Deiveson e sua equipe e explicou que isso se deve ao fato de agir e pensar de forma completamente diferente. Dessa forma, o campeão do peso-mosca do UFC tornou a trilogia ainda mais pessoal, ao atacar Wallid Ismail, empresário do ‘Deus da Guerra’. E o principal motivo que fez o mexicano mirar o veterano dos esportes de combate foi uma grave acusação feita pelo próprio.

Recentemente, o empresário levou Deiveson para treinar com Henry Cejudo, seu antigo rival, na academia ‘Fight Ready’ e cravou que seu atleta vai castigar Moreno por ter traído a confiança do ex-campeão do peso-mosca e do peso-galo (61 kg) do UFC. No passado, ‘Triple C’ ajudou o mexicano em seu início de carreira, mas, quando foi treinador do reality show ‘The Ultimate Fighter’, não o escolheu para integrar sua equipe. Sendo assim, ‘The Assassin Baby’ se juntou ao time de Joseph Benavidez, se aproximou do mesmo e o ajudou em sua preparação para encarar o wrestler americano. Após Wallid dar sua versão da história e ‘Daico’ classificar o dono do cinturão dos moscas como traidor, este não deixou barato e retribuiu o ataque contra a dupla.

“Estou cansado de pensar nele por causa de todas essas pessoas falsas ao redor dele. Isso é muito para mim, porque estou tentando ser muito real no meu dia, com meu pessoal e nas redes sociais. Estou tentando ser muito claro na minha vida, mas esse cara, às vezes acho que ele não acredita em suas palavras. Quando ele fala, é como se toda conversa é sobre mentiras e pessoas falsas ao seu redor”, declarou o campeão, antes de completar.

“Estou cansado disso, mas luta é luta e estou pronto para lutar com ele novamente. Quando digo pessoas falsas, o primeiro nome que as pessoas dizem é Wallid. Deiveson precisa fazer algo diferente, porque a última luta foi horrível para ele. Ele é o meu melhor patrocinador de todos os tempos. Nunca tive outro patrocinador como Deiveson. Ele está pagando minha casa, está pagando meu carro, então podemos lutar de novo”, concluiu.

Apesar da pouca idade (27 anos), Brandon Moreno já é um veterano do MMA. O mexicano iniciou sua trajetória no esporte em 2011 e, antes de se tornar campeão do peso-mosca do UFC, conquistou o título da categoria no LFA. O cartel profissional de ‘The Assassin Baby’ na modalidade é composto por 19 vitórias, cinco derrotas, dois empates e seus triunfos de maior destaque foram diante de Brandon Royval, Deiveson Figueiredo, Dustin Ortiz, Jussier ‘Formiga’ e Kai Kara-France.

Mais em UFC