Siga-nos

UFC

Mike Perry pede desculpas por briga em bar: “Quero ser um exemplo”

Aos 28 anos, Miker Perry carrega características que empolgam qualquer fã de MMA. Agressivo, nocauteador e sempre disposto a encarar uma troca franca de golpes, o americano poderia sonhar com voos mais altos no UFC não fossem suas polêmicas fora do octógono. E é por esse motivo que o atleta veio a público pedir desculpas.

Em seu mais recente vacilo, Perry participou de uma briga de bar em que, de acordo com as acusações entregues à polícia, teria agredido três pessoas – em vídeo divulgado na internet ele é visto nocauteando um senhor de idade. Afastado das competições até que termine um tratamento para controle do uso abusivo de álcool, o meio-médio (77 kg) utilizou suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui) para se desculpar.

“Quero ser um modelo, em exemplo. Para meu filho que ainda não nasceu, para minha rainha (namorada) e para mim mesmo, e assim conquistar o respeito que eu mereço. Para meus patrocinadores e meus chefes no UFC, quero me desculpar sobre como minhas atitudes impactaram nossas relações. Eu serei melhor por completo”, prometeu.

Em sua última apresentação, Perry venceu Mickey Gall por pontos em duelo que decretou o fim da má fase que o acompanhava por duas derrotas seguidas no octógono. Além das 14 vitórias no MMA profissional, sendo 11 por nocaute, o atleta carrega seis derrotas em seu cartel

Mais em UFC