Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Masvidal analisa possível luta entre Covington e Poirier: “Colby vai chamar a polícia”

Atualmente, dois dos principais nomes do UFC são Colby Covington e Dustin Poirier. O primeiro, ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg) está escalado para disputar o título da categoria novamente, enquanto o segundo, também ex-campeão interino do peso-leve (70 kg), se encontra próximo de desafiar o número um da divisão pela segunda vez. A curiosidade é que os atletas eram amigos e, hoje, se tornaram rivais. Sabendo disso, Jorge Masvidal analisou o atual cenário entre eles.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o dono do cinturão ‘BMF’ (lutador mais durão) do UFC opinou a respeito de uma possível luta entre os rivais. Tudo começou quando Covington, integrante dos meio-médios, desafiou Poirier, membro do peso-leve, para uma luta com o intuito de resolver as divergências dos tempos de ‘American Top Team’.

De acordo com ‘Chaos’, apesar de estar em uma categoria acima, ‘The Diamond’ é mais pesado do que ele. Inclusive, o ‘bad boy’, sempre que pode, informa que levava a melhor nos treinos que realizava com o rival na academia. Ao tomar conhecimento da declaração de Covington, Masvidal se posicionou contra e cravou que Poirier era superior. Vale destacar que ‘Gamebred’ é amigo de ‘The Diamond’ e desafeto declarado de Colby.

“Para aqueles que não sabem, eu estive lá e treinei com os dois. Colby vai chamar a polícia, porque a história sempre se repete”, escreveu ‘Gamebred’ em sua conta oficial no ‘Twitter’.

A rivalidade de Colby Covington com Dustin Poirier e Jorge Masvidal teve início quando foram companheiros de time na ‘American Top Team’. Após ataques verbais e, até mesmo, ameaças de agressão entre o meio-médio e seus inúmeros desafetos, o clima ficou ainda mais hostil, culminando na saída de ‘Chaos’ da equipe. Inclusive, tal decisão foi comemorada por parte dos integrantes da academia.

Mais em UFC