Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Lenda do boxe, Julio Cesar Chavez parabeniza Moreno por título histórico no UFC

Depois de finalizar Deiveson Figueiredo na co-luta principal do UFC 263, realizado no último sábado (12), no Arizona (EUA), e se tornar o primeiro lutador nascido no México a conquistar um cinturão do Ultimate, Brandon Moreno conseguiu uma honraria tão, ou até mais, importante do que o título: ser reconhecido publicamente por Julio Cesar Chavez, lenda do boxe e um dos atletas mexicanos mais importantes da história.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o ex-campeão mundial de boxe fez questão de parabenizar Moreno pela importante conquista no UFC. Questionado sobre quais conselhos daria ao novo campeão do Ultimate, o veterano – que possui o recorde de defesas de título mundial bem-sucedidas na história da nobre arte – se mostrou confiante na mentalidade do compatriota e previu um longo reinado pela frente.

“Sim, claro (que eu ouvi a notícia). Eu quero enviar meus cumprimentos a ele. Isso me trouxe muita alegria e eu quero parabenizá-lo publicamente. Ele realmente fez uma grande luta. Eu conheço Brandon Moreno. Ele é um garoto com muitos talentos e habilidades e, graças a Deus, ele alcançou seu sonho”, parabenizou Chavez, antes de aconselhar o novo campeão do UFC.

“Eu acho que ele já deve saber que a parte difícil não é chegar lá, mas se manter lá. Eu acho que ele tem seus pés no chão e acredito que ele vai ser um campeão por um longo tempo, se Deus permitir”, finalizou a lenda do boxe, que voltará aos ringues no próximo sábado (19), aos 58 anos, para enfrentar Hector Camacho Jr, em uma luta de exibição marcada para acontecer no Estádio Jalisco, em Guadalajara (MEX).

No último sábado, Brandon Moreno entrou para a história ao se tornar o primeiro lutador nascido no México a conquistar um cinturão do UFC. Antes do novo soberano do peso-mosca (57 kg), o Ultimate já havia tido outros campeões de ascendência mexicana – como Tito Ortiz, Henry Cejudo e Cain Velasquez -, mas todos nascidos nos Estados Unidos.

Mais em UFC