Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Khabib vibra com triunfo de Poirier sobre McGregor no UFC: “O bem vence o mal”

O UFC 264 lavou a alma dos desafetos de Conor McGregor no MMA. No evento realizado no último sábado (10), em Las Vegas (EUA), o astro irlandês foi nocauteado por Dustin Poirier no primeiro round, levou a pior na trilogia com o rival e se lesionou. Após o resultado, Floyd Mayweather, Rafael dos Anjos entre outros profissionais dos esportes de combate zombaram de ‘Notorious’ e Khabib Nurmagomedov se juntou ao time. O russo foi além e revelou para quem vai sua torcida no peso-leve (70 kg) da organização.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Khabib expressou toda sua felicidade com a nova e decisiva vitória de Poirier sobre McGregor e retratou o duelo como um choque entre bem e mal. Vale destacar que o russo, atualmente aposentado do MMA, finalizou os atletas quando era campeão do peso-leve do UFC, porém sua relação com ambos é diferente. Em 2018, ‘The Eagle’ enfrentou ‘Notorious’ e o clima para o encontro era tão hostil, que Dana White classificou a coletiva de imprensa como a mais sombria da história da organização.

Nela, McGregor atacou Khabib, sua família, país e religião. O choque entre os rivais terminou com vitória de ‘The Eagle’ e em confusão generalizada no octógono e fora dele, envolvendo os atletas e membros de suas equipes. Por outro lado, o russo e ‘The Diamond’ se respeitaram e trocaram gentilezas antes e depois do combate, realizado em 2019. Mesmo indicando Islam Makhachev como futuro campeão dos peso-leve do UFC, Khabib informou que, antes, torce para o americano ocupar o lugar mais alto da categoria.

“O bem sempre vence o mal. Muito feliz por Poirier. Espero que você conquiste o cinturão no final do ano”, escreveu o ex-campeão do UFC.

Khabib Nurmagomedov, de 32 anos, se aposentou sendo considerado por parte da comunidade do MMA um dos lutadores mais dominantes da história do esporte. Em sua carreira, o russo disputou 29 lutas, venceu todas e defendeu o título do peso-leve do UFC em três oportunidades. Os triunfos de maior destaque do ex-campeão da companhia foram sobre Conor McGregor, Dustin Poirier, Edson Barboza, Justin Gaethje e Rafael dos Anjos.

Mais em UFC