Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Kamaru Usman defende McGregor das críticas após derrota no UFC: “É uma vida difícil”

Em boa ou má fase, Conor McGregor é um dos poucos lutadores capazes de mexer com a comunidade do MMA. Em sua última aparição, realizada em janeiro, em Abu Dhabi (EAU), o astro irlandês foi nocauteado por Dustin Poirier na revanche, recebeu críticas por parte dos fãs, mas permaneceu em alta no UFC. Agora, ‘Notorious’ se prepara para a trilogia com o rival, que acontece em julho, em Las Vegas (EUA), e convive com dúvidas em relação ao seu desempenho. Ao perceber tal cenário, Kamaru Usman saiu em defesa do lutador.

Ao participar do podcast ‘True Geordie’, o campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC mostrou empatia ao se colocar no lugar de McGregor e informou que passou a entendê-lo, justamente, depois que alcançou a posição de número um de sua categoria. Após a derrota para Poirier, uma parcela dos fãs, lutadores e até mesmo Dana White questionaram se o irlandês ainda tem o que é preciso para competir em alto nível contra os principais nomes do MMA, uma vez que o mesmo conseguiu atingir uma confortável situação financeira.

A curiosidade é que o irlandês e o nigeriano já se desentenderam e chegaram a trocar provocações pelas redes sociais. Na ocasião, ‘Notorious’ expressou o interesse de conquistar o título dos meio-médios, que seria seu terceiro pela organização, mas ‘The Nigerian Nightmare’ encerrou a discussão ao lembrar que a estrela da companhia deveria se preocupar com o peso-leve (70 kg) antes de almejar algo tão grandioso. Como a rivalidade entre as partes esfriou, Usman prestou sua solidariedade ao companheiro de profissão.

“Eu sei que é difícil ser McGregor. Sou campeão e sei como é difícil ser campeão agora. Não consigo imaginar o que ele está passando, mas deve ser difícil porque você não pode fazer nada. As pessoas mal podem esperar para esfregar na cara dele. É claro que McGregor tem dinheiro, tem tudo, mas foi nocauteado em sua última luta. Ele ganhou uma nas últimas quatro ou cinco lutas, então as pessoas mal podem esperar para jogar isso na cara dele. É uma vida difícil de levar”, defendeu o nigeriano.

Se Conor McGregor está focado na trilogia com Dustin Poirier no UFC 264, Kamaru Usman deve se preparar para encarar Colby Covington, seu desafeto, novamente pela organização. Os atletas se firmaram como grandes nomes dos meio-médios e, quando se enfrentaram, a dupla impressionou Dana White e os fãs de MMA. Em 2019, os rivais protagonizaram uma verdadeira batalha, vencida pelo campeão da categoria por nocaute no quinto round.

Mais em UFC