Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Kamaru Usman afirma que McGregor não faz mais parte da elite: “Lutador comum”

Um dos alvos recentes das provocações de Conor McGregor, o que fez com que fosse criada uma expectativa em cima de um possível confronto futuro entre eles, Kamaru Usman não parece se impressionar pelo momento vivido pelo irlandês dentro do octógono do UFC. Em entrevista à ‘ESPN’ americana, o nigeriano – atual soberano da divisão dos meio-médios (77 kg) – afirmou que o ex-campeão dos penas (66 kg) e dos leves (70 kg) do Ultimate já não vive seu auge esportivo.

De acordo com Usman, a fase em que McGregor era temido e respeitado dentro do octógono ficou no passado e, atualmente, o irlandês não passaria de um lutador comum no plantel do UFC. Vale lembrar que das últimas seis lutas disputadas, Conor venceu três e perdeu a outra metade.

“Ele não é o Conor McGregor campeão. Ele não é o bicampeão. Ele não é aquele cara mais. O velho Conor, o Conor faminto, que era o lutador que os lutadores respeitavam. Não que nós não o respeitamos mais, ele ainda é um lutador do UFC, mas (agora) ele é apenas um lutador comum”, disparou Usman.

De fato, o último grande momento esportivo de Conor McGregor aconteceu em 2016, quando o irlandês derrotou Eddie Alvarez e se sagrou campeão peso-leve do UFC. No próximo dia 10 de julho, o lutador europeu terá a oportunidade de provar que ainda pertence à elite do MMA mundial, ao enfrentar o americano Dustin Poirier, no terceiro capítulo da trilogia entre eles, que deve garantir ao vencedor o seguinte ‘title shot’ da divisão até 70 kg do Ultimate.

Mais em UFC