Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

UFC

Jones afasta possibilidade de encarar Adesanya e ataca treinador do rival: “Quer fama”

A rivalidade entre Israel Adesanya e Jon Jones não tem trégua. Após o campeão do peso-médio (84 kg) perder a superluta contra Jan Blachowicz no UFC 259, evento realizado no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), ‘Bones’ aproveitou para atacar o desafeto e seu treinador, Eugene Bareman. Como era de se esperar, por conta do histórico entre os lutadores, o ‘trash talk’ feito pelo antigo rei dos meio-pesados (93 kg) foi duro.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Jones criticou a atuação de Adesanya contra Blachowicz e não perdoou Bareman por apontar seu atleta como a maior estrela do MMA. Ciente de suas habilidades, ‘Bones’ cravou que venceria o desafeto, facilmente, em uma hipotética luta. O americano citou o wrestling e o aspecto físico como vantagens diante do rival.

Inclusive, o polonês utilizou os dois fatores para desbancar o favorito no UFC 259. Apesar da derrota de ‘The Last Stylebender’ contra o polonês, parte dos fãs ainda mantém interesse no choque entre o nigeriano e ‘Bones’. Contudo, o ex-soberano dos meio-pesados deixou a humildade de lado ao garantir que o revés de Adesanya seria ainda pior.

“Desista, treinador. Todos nós vimos suas cartas. Seu filho quase não tem defesa de queda ou ataca de costas no chão. Agora, você está apenas querendo fama, se você, honestamente, o mandar enfrentar um wrestler de 117 kg depois da última apresentação. Você não se importaria com o seu bem-estar”, escreveu Jones em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Atualmente, Jon Jones se prepara para estrear no peso-pesado e já sabe que vai encarar o vencedor da luta Stipe Miocic vs Francis Ngannou. Antes do UFC definir o futuro do americano, a imprensa especializada especulou que o lutador poderia realizar o aguardado embate contra Israel Adesanya. Como o nigeriano foi derrotado por Jan Blachowicz, tal possibilidade deixou de existir.

Mais em UFC