Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

UFC

Jon Jones surpreende e revela foco em ‘ficar maior’ do que Francis Ngannou

Após anunciar que trocou os meio-pesados (93 kg) do UFC pela categoria dos pesos-pesados, a rotina de Jon Jones mudou por completo. Para fazer frente aos novos rivais, ‘Bones’ iniciou um processo de fortalecimento, que inclui musculação e alteração na dieta – e seu corpo, visivelmente, passou por transformação. No entanto, o americano deu a entender que há tempo para evoluir tanto técnica como fisicamente.

Em entrevista ao site ‘Fight Hype‘, Jones informou que seu planejamento é ficar mais forte e revelou que tem como exemplo Francis Ngannou, atleta conhecido no MMA por seu porte físico e poder de nocaute. O ex-rei dos meio-pesados classificou o campeão dos pesados, e possível adversário, como um ‘titã’ e indicou que seu objetivo é se igualar ao camaronês ou até superá-lo em massa muscular. Constantemente, o americano atualiza suas redes sociais com registros de treinamentos e pouco lembra o lutador de maior destaque nos 93 kg.

O esforço de Jones para iniciar sua trajetória no peso-pesado, de fato, é notório. Ao longo dos anos, uma parcela de meio-pesados resolveu se testar na categoria de cima, porém a aventura não deu certo (exceção feita a Daniel Cormier). Como a maioria de seus ex-companheiros de divisão apresentaram resultados ruins, ‘Bones’ explicou que vai atuar na nova faixa de peso depois que se adaptar ao seu estado físico.

“No momento, estou apenas treinando e focado nas coisas que posso controlar, que é estar na melhor forma. Só entrar em forma vende a luta ainda mais. As pessoas querem ver dois titãs. Ngannou já é um titã e eu estou tentando me tornar um titã. Quero parecer um titã. Quero ser do mesmo tamanho que esse cara ou até maior, quando lutarmos”, decretou Jones, antes de completar.

“Tenho muito trabalho a fazer. Só preciso manter o foco, continuar treinando e ver o que o UFC vai fazer. É incrível treinar pesado. Estou vivendo como um atleta completo e animado para competir com todo meu potencial, sem perder peso. Tenho dois irmãos enormes e sinto que eu deveria ser assim o tempo todo”, concluiu.

A princípio, a ambientação de Jon Jones ao peso-pesado está indo bem, o problema é o relacionamento com Dana White. O cartola chegou a declarar que a estreia de ‘Bones’ na nova categoria seria contra o vencedor da revanche entre Francis Ngannou e Stipe Miocic, que no caso foi o camaronês.

Jones e Ngannou concordaram com o duelo, porém o americano informou que só assina o contrato se o UFC lhe oferecer um valor adequado por tudo que representa no MMA. A postura do ex-rei dos meio-pesados não agradou o líder da companhia, que já cogitou escalar Derrick Lewis como primeiro desafiante de ‘The Predator’.

Mais em UFC