Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Jon Jones rebate Reyes após ser acusado de fugir dos rivais do meio-pesado

Não demorou muito para que Jon Jones respondesse à provocação feita por Dominick Reyes, que – em entrevista à ‘ESPN’ americana – sugeriu que a provável migração de ‘Bones’ para os pesos-pesados seja uma forma de fugir dos adversários da antiga categoria, como ele próprio. Em sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui e aqui), o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) debochou da narrativa criada pelo rival.

Jones fez questão de negar ainda a insinuação de que estaria com medo de conceder a revanche para Reyes, último desafiante de seu reinado nos meio-pesados, sobre o qual conquistou uma vitória polêmica na decisão dos juízes em fevereiro deste ano. Para corroborar sua posição, ‘Bones’ citou duas revanches concedidas por ele, contra Daniel Cormier e Alexander Gustafsson, nas quais ambos oponentes terminaram nocauteados.

“Eu literalmente tive que deixar tudo lá dentro (do octógono) na noite em que eu venci Gus (Gustafsson), minha última luta eu encerrei confortavelmente marcando pontos. Gus me forçou a um lugar (de dificuldade) que eu ainda não vi novamente”, rebateu Jones, antes de continuar.


“Ambos DC (Cormier) e Gus encararam a morte em nossas revanches, agora pela primeira vez na minha carreira eu estou com medo de ter uma revanche? Se você acredita nessa narrativa, dê um tapa em você mesmo”, debochou o ex-campeão dos pesos-meio-pesados do UFC.


Em fevereiro deste ano, na luta principal do UFC 247, Jon Jones superou Dominick Reyes por pontos, em decisão bastante controversa dos juízes, para manter o título dos meio-pesados. Desde então, o ex-desafiante vinha pedindo por uma revanche, mas, após uma batalha por melhores salários com o Ultimate, ‘Bones’ optou por abdicar do cinturão da categoria e indicar que subirá para os pesos-pesados, caso chegue a um acordo financeiro com a organização.

Mais em UFC