Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Jon Jones questiona qualidade de Francis Ngannou e minimiza poder do campeão

Tudo indica que a guerra entre Francis Ngannou e Jon Jones está longe de acabar. Quando dominava os meio-pesados (93 kg) do UFC, o americano já flertava com a possibilidade de subir para o peso-pesado e mirava realizar superlutas contra o camaronês e Stipe Miocic. Agora que abdicou do cinturão e se aventurou na categoria, ‘Bones’ atacou o atual número um da divisão para valer.

Em suas redes sociais (clique aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui), o ex-rei dos meio-pesados, que na última quinta-feira (29) prometeu destronar Ngannou e dominar o peso-pesado, discordou do campeão da categoria, quando o mesmo lhe classificou como lutador de decisão. Irritado ao receber tal status, o americano ameaçou o rival e garantiu ser superior tanto no octógono, quanto no ‘trash talk’.

Não satisfeito, Jones lembrou que, ao longo de sua trajetória nos meio-pesados, venceu diversas lendas do esporte e que nunca sucumbiu ao poder delas. Sendo assim, o americano indicou que Ngannou é um adversário igual aos que já enfrentou e que a força que o camaronês possui é pouco para derrotá-lo. De acordo com o ex-campeão, o número um do peso-pesado é unidimensional e é dono de um jogo de fácil leitura.

“Oh, você sabe o que há dentro de mim Ngannou? Você nunca me viu desistir. Reze para me nocautear, porque senão eu vou quebrar você. Isso é uma promessa. Um lutador de decisão? Eu ostentei o recorde de mais finalizações nos meio-pesados por muitos anos, meu amigo. Você é o que chamamos de lutador de um golpe só. Todo campeão que eu enfrentei tinha soco forte. Eu vejo através de você”, escreveu ‘Bones’ em sua conta oficial no ‘Twitter’, antes de completar.

“Prefiro ser um lutador de decisão do que um lutador de dois rounds. Eu respeito você e sua história. Não sinto necessidade de esmagar você em uma batalha verbal para fazer o que tenho feito com todos desde 2011. Se você deseja iniciar esta conversa pela internet, se certifique de que vai me acompanhar. A maioria das pessoas que faz ‘trash talk’ comigo fica em silêncio depois de um tempo. Todos falam que vão ser os primeiros a esmagar Jones, esse é um tema muito popular”, concluiu.

Apesar do posicionamento ousado, o momento de Jon Jones no UFC não é bom e seu futuro na organização é incerto. Após anunciar que subiria para o peso-pesado, ‘Bones’ focou em sua preparação e, visivelmente, seu corpo sofreu mudanças. Dessa forma, o retorno do lutador aos meio-pesados, categoria que dominou, é inviável.

Com esse cenário, para permanecer na atual divisão e enfrentar Francis Ngannou pelo título, Jones terá que aceitar o valor que Dana White está disposto a pagar ou convencer o cartola a valorizar seu passe. No momento, o acordo entre o ex-campeão e o líder do UFC parece impossível de acontecer, já que a dupla discute de forma pública frequentemente.

Mais em UFC