Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Jimmy Crute critica Johnny Walker por abandonar luta no UFC: “Não estou surpreso”

Jimmy Crute não reagiu bem ao cancelamento de sua luta contra Johnny Walker. A dupla iria se enfrentar no UFC 260, evento que acontece no dia 27 de março, em Las Vegas (EUA), porém uma lesão no músculo peitoral tirou o brasileiro do combate. Agora, o australiano terá Anthony Smith como adversário, mas não poupou o oponente original.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Crute não só ofendeu o brasileiro, como o acusou de evitar o confronto em mais uma oportunidade. No entanto, o talentoso meio-pesado (93 kg) comemorou o fato de encarar um nome de maior relevância no MMA. Vale lembrar que Smith e Walker integram o top-10 da divisão, mas enquanto o primeiro é mais conhecido e ex-desafiante ao título da classe, o segundo ainda busca transformar seu status de promessa do esporte em realidade.

“Um homem sábio chamado Daniel Kelly uma vez me disse, ‘Em um esporte que, supostamente, está cheio de caras durões, você ficaria surpreso com a quantidade de maricas que existem’, palavras muito verdadeiras. Decepcionado por meu oponente ter me ignorado mais uma vez, mas não posso dizer que estou surpreso. Dito isto, não posso expressar o quão animado e grato estou por um verdadeiro lutador aparecer e lutar comigo. Esta é uma luta melhor, um nome melhor e um desafio maior, mas estou pronto”, escreveu Crute em sua conta oficial no ‘Instagram’.

Atualmente, Jimmy Crute, de 24 anos, se encontra na 12ª posição no ranking dos meio-pesados e é uma das grandes promessas da categoria. O australiano disputou cinco lutas pelo UFC, venceu quatro, sendo todas pela via rápida (dois nocautes e duas finalizações). A última aparição de ‘The Brute’ aconteceu em outubro de 2020, quando impressionou ao nocautear Modestas Bukauskas no primeiro round.

Mais em UFC