Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Jake Paul faz doação para ‘vaquinha online’ de lutadora e cutuca política salarial do UFC

Mesmo não tendo nenhum histórico no MMA, Jake Paul parece realmente ter assumido um papel de liderança no movimento que questiona os atuais salários pagos pelo UFC aos seus atletas e busca uma maior valorização financeira para os lutadores. Nesta quarta-feira (30), o youtuber – através de sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui) – demonstrou apoio à lutadora Sarah Alpar, que recentemente criou uma ‘vaquinha online’ para custear os gastos da preparação para sua próxima luta, e aproveitou para, mais uma vez, cutucar o Ultimate.

A conturbada relação entre Jake Paul e o Ultimate teve origem a partir do início da aventura do youtuber no boxe profissional, especialmente após seu último combate, realizado em abril deste ano, no qual nocauteou o ex-UFC Ben Askren. Bastante conhecido por seu trabalho na internet, o americano utilizou sua fama para faturar milhões de dólares através da venda de pay-per-view de sua luta, o que gerou insatisfação em alguns lutadores do UFC, que, mesmo em alguns casos sendo campeões de suas categorias, recebem bolsas com valores muito abaixo da recebida pelo astro do Youtube.

A insatisfação por parte dos atletas fez com que Dana White, presidente do UFC, passasse a debochar do youtuber e tentasse descredibilizar os valores multimilionários divulgados por ele. Por sua vez, Jake iniciou um ataque contra a política salarial da organização de MMA, que já vem sendo alvo de críticas nos últimos tempos.

“Imagine se um novato na NBA (liga americana de basquete) tivesse que começar um GoFundMe para jogar. Eu deixei Sarah Alpar saber que ela tem meu apoio e contribuição. É minha honra e privilégio ajudar colegas lutadores de qualquer forma que eu puder”, disparou Jake Paul.

Independentemente dos motivos que levaram o youtuber a iniciar essa ‘cruzada’ contra o Ultimate, a atitude de contribuir com a ‘vaquinha online’ de Sarah Alpar, sem ter qualquer obrigação para tal, é louvável. O valor da doação, inclusive, pode ser visto na página da campanha no site ‘GoFundMe’ e representa cinco vezes mais da meta estipulada pela própria lutadora (mil dólares) até o dia 1º de julho.

Mais em UFC