Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Glover é surpreendido por Prochazka e perde o cinturão meio-pesado do UFC

Pela main event do UFC 275, realizado neste sábado (11), em Cingapura, Glover Teixeira subiu no octógono para defender seu cinturão dos meio-pesados (93 kg), mas acabou surpreendido pelo desafiante Jiri Prochazka. Após uma sangrenta batalha que durou quase os 25 minutos de luta previstos para a disputa, o brasileiro caiu em uma posição de desvantagem no solo e foi obrigado a desistir do combate restando menos de 30 segundos para o final, ao ter seu pescoço envolvido em um apertado mata-leão.

Com o triunfo, Jiri Prochazka se torna o mais novo campeão dos meio-pesados do UFC. O tcheco chega a conquista após conquistar apenas sua terceira vitória pela organização, todas pela via rápida. Por sua vez, o brasileiro Glover Teixeira tem seu reinado na categoria encerrado logo em sua primeira defesa de título.

Ao final, em bate-papo com Daniel Cormier ainda em cima do octógono, Glover revelou que teve um cort de peso complicado, admitiu que sentiu os golpes na linha de cintura aplicados pelo rival e que os dois fatores combinados o fizeram cansar durante a luta. O veterano, de 42 anos, também descartou pendurar as luvas e afirmou que continuará em atividade.

A luta

Após uma rápida trocação em pé, o campeão foi para sua especialidade e levou o desafiante para o chão. Depois de pegar as costas do rival, no entanto, Glover perdeu a posição. Em pé novamente, o mineiro conseguiu mais uma queda e o cenário se repetiu, com Glover chegando em boas posições e aplicando bons ataques, mas, no final, deixando o tcheco escapar.

Prochazka voltou melhor para o segundo round e castigou o brasileiro na luta em pé. Abalado, Glover conseguiu sobreviver aos ataques do tcheco. Com um golpe de encontro, o campeão levou o rival ao solo e aproveitou para machucá-lo no ground and pound, abrindo um ferimento acima do olho esquerdo do oponente.

Mais inteiro fisicamente do que o brasileiro, Prochazka dominou as ações no terceiro período, tanto em pé, como no chão. O campeão voltou melhor para o quarto assalto. Na base do coração e da técnica, Glover chegou em ótimas posições na luta de chão, encaixando inclusive um katagatame, mas todas as tentativas foram bem defendidas pelo tcheco.

O quinto assalto começou com Glover aplicando seus melhores golpes em pé, abalando o desafiante. Porém, ao tentar pegar o pescoço do rival na guilhotina, o brasileiro caiu por baixo e perdeu a pegada. Em pé novamente, o campeão voltou a acertar bons socos, mas insistiu em levar a luta para o solo. De forma surpreendente, Prochazka voltou a mostrar ótima defesa para os ataques do campeão e, de forma surpreendente, encaixou uma finalização e obrigou o mineiro a bater, restando pouco menos de 30 segundos para o final do combate.

Confira os resultados do UFC 275:

Jiri Prochazka venceu Glover Teixeira por finalização;
Valentina Shevchenko venceu Taila Santos por decisão dividida dos juízes;
Weili Zhang venceu Joanna Jedrzejczyk por nocaute;
Jake Matthews venceu André Fialho por nocaute;
Jack della Maddalena venceu Ramazan Emeev por nocaute técnico;
Joshua Culibao venceu Seung Woo Choi por decisão dividida dos juízes;
Hayisaer Maheshate venceu Steve Garcia por nocaute;
Brendan Allen venceu Jacob Malkoun por decisão unânime dos juízes;
Kyung Ho Kang venceu Danaa Batgerel por decisão unânime dos juízes;
Silvana Gomez Juarez venceu Na Liang por nocaute;
Joselyne Edwards venceu Ramona Pascual por decisão unânime dos juízes.

Mais em UFC