Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Gilbert ‘Durinho’ enaltece qualidades de Stephen Thompson antes de lutas no UFC

Em segundo lugar no ranking dos meio-médios (77 kg) do UFC, Gilbert Burns permanece próximo de uma nova chance de disputar o título da divisão. Para se aproximar da revanche com Kamaru Usman, campeão da categoria, ‘Durinho’ terá que passar por Stephen Thompson na edição de número 264, que acontece no dia 10 de julho, em Las Vegas (EUA). O duelo entre os profissionais é aguardado com expectativa pela comunidade do MMA e o brasileiro também está ansioso pelo encontro.

Em entrevista ao canal do ‘YouTube’ ‘SCMP MMA’, ‘Durinho’ mostrou que acompanha a carreira de Thompson e enalteceu as virtudes do atual adversário. O duelo entre os tops dos meio-médios do UFC é mais uma edição do clássico confronto de estilos entre striker e grappler. De um lado, o americano é especialista na trocação e se destaca no caratê, enquanto o brasileiro possui como principal arma a luta agarrada, já que é faixa-preta de jiu-jitsu.

Ciente de que precisava evoluir seu jogo para chegar ao topo da categoria, ‘Durinho’ desenvolveu a trocação e passou a assustar os adversários com seu poder. Para o duelo com Thompson, o brasileiro revelou que deu ênfase ao caratê. O faixa-preta de jiu-jitsu também contou com Vicente Luque, seu amigo e parceiro de treino, que foi derrotado por ‘Wonderboy’ em 2019. Mesmo com a preparação de alto nível, o atleta informou que espera um dos combates mais duros de sua carreira.

“Depois que perdi, queria voltar logo a lutar. Nunca pedi por lutas fáceis. Quando o UFC me ofereceu Thompson, respondi sim, porque amo esta luta. Ele é um dos caras mais duros e sei que muitos recusaram lutar com ele. É um grande desafio e estou motivado. Ele tem boa movimentação, tenta ser amigável, mas sei que gosta de frustrar as pessoas. Busquei alguns caras do caratê e aprendi muito, com pequenas coisas que eu não estava prestando atenção”, declarou ‘Durinho’, antes de completar.

“Sempre adorei boxe e kickboxing, além do wrestling e grappling, mas nunca foquei na movimentação e, para esta luta, tive que fazer. Aprendi muito e acho não é sobre Thompson. É sobre crescer como atleta, ficar melhor em cada aspecto e em algumas coisas que nunca pensei que fariam diferença no meu jogo. Não acho que ele mudará tanto. Ele é um grande lutador, controla bem a distância, aplica golpes limpos, bons chutes, tem boa defesa de queda. Acho que só Woodley conseguiu derrubá-lo. Estarei preparado para tudo”, concluiu.

Apesar da preferência de Dana White por Colby Covington, a luta entre Gilbert Burns e Stephen Thompson pode definir o próximo desafiante ao título dos meio-médios. Atualmente, o brasileiro e o americano se encontram em segundo e em quarto no ranking, respectivamente, e são dois dos atletas da divisão mais respeitados por parte da comunidade do MMA. A curiosidade é que tanto ‘Durinho’, quanto Wonderboy’ já disputaram o cinturão da categoria, mas acabaram derrotados.

Mais em UFC