Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Garbrandt relembra rivalidade e critica Dillashaw em seu retorno ao UFC

O tão aguardado retorno de TJ Dillashaw ao UFC vai acontecer neste sábado (24), em Las Vegas (EUA), diante de Cory Sandhagen. Inclusive, o duelo é apontado por parte da comunidade do MMA como uma das grandes lutas da temporada 2021 e quem também estará de olho na ação é Cody Garbrandt, mas por uma razão diferente. Se uma parcela dos fãs torce para que o ex-campeão do peso-galo (61 kg) mantenha o alto nível após ficar dois anos sem atuar, o mesmo não se aplica ao ‘bad boy’.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Garbrandt mostrou todo seu repúdio em relação ao rival. Vale lembrar que a história da dupla é antiga. No passado, Dillashaw e ‘No Love’ eram parceiros de treino, mas, após o primeiro sair da ‘Team Alpha Male’, o clima entre eles se deteriorou. Tanto que os atletas se enfrentaram duas vezes no UFC e os combates foram vencidos por ‘Viper’ via nocaute.

Para piorar a situação, em 2019, Dillashaw testou positivo para ‘EPO’, substância proibida, e recebeu uma suspensão de dois anos da USADA (agencia antidoping americana). Livre para voltar a atuar, o ex-campeão do peso-galo recebeu elogios de parte da comunidade do MMA pela forma como lidou com o polêmico episodio de doping, mas Garbrandt, que já criticava o desafeto antes, voltou a atacá-lo.

“Nada de honestidade vindo desse cara”, escreveu o ex-campeão do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Por mais que expresse todo seu descontentamento em relação a TJ Dillashaw, curiosamente, Cody Garbrandt vai seguir os passos do rival. O ex-campeão do peso-galo do UFC anunciou que a descida para o peso-mosca (57 kg) consta em seus planos para a sequencia dos eventos, em uma clara tentativa de revitalizar a carreira. Atualmente, ‘No Love’ perdeu quatro das últimas cinco lutas que disputou. Seus principais triunfos no esporte foram diante de Dominick Cruz, Raphael Assunção e Thominhas’ Almeida.

Mais em UFC