Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Empresário de Usman ataca Covington e o chama de racista: “Espero que fique cego”

Não é só Conor McGregor que tira Ali Abdelaziz do sério. Além do astro irlandês, o empresário do MMA, constantemente, mostra todo seu desprezo em relação a Colby Covington. Como o ‘bad boy’ americano atacou Dustin Poirier de forma pesada, o cartola resolveu se intrometer e defender o ex-campeão interino do peso-leve (70 kg) do UFC. Se ‘The Diamond’, a princípio, ignorou a polêmica, o homem de negócios atacou o meio-médio (77 kg).

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Abdelaziz, empresário de Kamaru Usman, Khabib Nurmagomedov, entre outros ícones do esporte, não mediu palavras ao opinar sobre Covington e partiu para as ofensas. De acordo com o empresário, ‘Chaos’ e McGregor são pessoas igualmente ruins e, por isso, deseja o mal da dupla. Vale lembrar que, no passado, Ali e o nigeriano discutiram com o ‘bad boy’ e quase chegaram às vias de fato. Sendo assim, Abdelaziz classificou Covington como um dos atletas mais desrespeitosos que conheceu no MMA.

Inclusive, o empresário citou como exemplo seu ‘trash talk’ a Poirier e sua família. Antes da luta do americano com ‘Notorious’, ‘Chaos’ divulgou um treino polêmico do rival, no qual o mesmo aparecia comemorando o nocaute aplicado no sparring. Além disso, o ex-campeão interino dos meio-médios também atacou a esposa do rival. De qualquer forma, o cartola tranquilizou os haters de Covington, ao garantir que Usman vai puni-lo na revanche, fazendo com que engula suas palavras.

“Esta é a luta. Da última vez que eles lutaram, ele quebrou a mandíbula. Para esta luta, espero que ele fique cego ou algo ruim aconteça com ele, porque é um cara muito mau. Ele está no mesmo nível de m**** que Conor. Eles estão iguais. Ele é um canalha racista. Acho que ele faz a jogada de raça, mas realmente é. Ele insulta a religião das pessoas, esposa. Você o vê falando sobre Dustin, dizendo que a esposa de Dustin é um objeto. Como você vai dizer isso?”, criticou o cartola, antes de completar.

“Esse é um cara com quem costumava treinar, suar e comer. Como você vai falar sobre ele assim? Sabemos o que aconteceu da última vez quando o encontramos, ele chamou a polícia contra Werdum. Covington é um homem morto. Ele é um homem morto caminhando. O relógio está andando e ele vai conseguir o que pediu com muita violência. Usman não é o mesmo lutador. Nós o vimos melhorar a cada luta”, concluiu.

Colby Covington e Kamaru Usman se firmaram como grandes nomes dos meio-médios do UFC e, quando se enfrentaram, a dupla impressionou Dana White e parte dos fãs de MMA. Em 2019, os rivais protagonizaram uma verdadeira batalha, vencida pelo campeão da categoria. Desde então, o nigeriano venceu duas vezes Jorge Masvidal e Gilbert ‘Durinho’, enquanto o americano passou por Tyron Woodley.

Mais em UFC