Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Daniel Cormier elogia Adesanya, mas faz alerta em relação ao poder de Blachowicz

O hype da superluta entre os campeões Israel Adesanya e Jan Blachowicz não para de aumentar. A dupla vai protagonizar o ‘main event’ do UFC 259, atração que acontece no dia 6 de março, em Las Vegas (EUA), e o aguardado encontro entre os atletas, que coloca em jogo o título dos meio-pesados (93 kg), mexe com a ansiedade dos amantes do MMA. Daniel Cormier, ex-número um da categoria e atual comentarista, analisou o embate e ficou em cima do muro.

Em entrevista ao canal do ‘YouTube’ ‘Helen Yee Sports’, Cormier rasgou elogios a Adesanya e admitiu que está impressionado com os feitos do nigeriano no MMA. Contudo, ‘DC’ ressaltou que Blachowicz não pode ser subestimado por conta de seu poder de nocaute. O campeão do peso-médio (84 kg) e o número um dos meio-pesados (93 kg) são conhecidos pela qualidade que possuem na trocação, apesar do estilo de ambos ser completamente diferente.

A luta vai marcar a estreia de Adesanya nos meio-pesados e também a primeira defesa de cinturão de Blachowicz. Curiosamente, o polonês ganhou destaque na categoria, justamente, por vencer atletas do peso-médio, como Luke Rockhold e Ronaldo ‘Jacaré’, divisão dominada pelo nigeriano. Sendo assim, Cormier alertou Adesanya, favorito nas casas de apostas, do perigo que corre diante de Blachowicz.

“É uma luta difícil. É uma loucura, porque Blachowicz não recebeu o respeito que merece. Esse cara venceu todos em sua última corrida. Ele vai estar um pouco em desvantagem em termos de velocidade contra Adesanya. Ele tem um poder de estrela. Há muitas coisas pendendo a favor de Adesanya e, se ele conseguir vencer essa luta, vai disparar para a lua. Quando me perguntaram quem pode ser a próxima estrela, eu disse Adesanya. Esse cara tem tudo. Ele tem a aparência, o carisma, o estilo de luta”, declarou Cormier, antes de completar.

“Mas a única coisa é que não há espaço para erros em uma luta contra Blachowicz. Adesanya não pode ser atingido uma vez. Se for atingido, ele estará em apuros. É uma boa luta. Muitas pessoas pensam que Adesanya está subindo, porque Blachowicz é o campeão, mas a margem de erro é tão pequena que torna a luta perigosa para ele. Blachowicz tem um poder de nocaute irreal e, se ele bater em você, é o fim. Ele esmagou cada médio que subiu. Adesanya, é melhor você tomar cuidado”, concluiu.

Israel Adesanya e Jan Blachowicz vivem excelente fase no MMA. O polonês venceu quatro lutas seguidas, sendo três delas por nocaute, e se tornou campeão dos meio-pesados do UFC em setembro de 2020, quando surpreendeu Dominick Reyes. Já o nigeriano está invicto no esporte, com 20 vitórias. O número um do peso-médio estreou pela organização em 2018 e precisou de apenas um ano para conquistar o título da categoria.

Mais em UFC