Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Dana White revela que cogitou Amanda Nunes como treinadora do TUF

Depois de um hiato de três anos sem ser produzido, o reality show ‘The Ultimate Fighter’ estreou uma nova temporada na última terça-feira (1), tendo os pesos-penas (66 kg) Alexander Volkanovski e Brian Ortega como os treinadores das equipes desta edição. Porém, o papel de capitanear o programa esteve perto de ser ocupado por uma das estrelas brasileiras do plantel do UFC.

Em entrevista ao podcast ‘Real Quick with Mike Swick’, Dana White revelou que a baiana Amanda Nunes foi cogitada para liderar uma das equipes do reality show. De acordo com o presidente do UFC, antes de baterem o martelo sobre a participação de Volkanovski e Ortega, a organização analisou outras possibilidades, dentre elas a campeã peso-galo (61 kg) e peso-pena (66 kg) da liga.

“Conforme nós entramos na temporada, nós olhamos para vários cenários sobre quem poderia ser os treinadores (do TUF). Amanda Nunes estava sendo olhada como uma treinadora também. Então, você tem que começar a ligar para esses caras e descobrir o que está rolando na vida pessoal deles, e isso e aquilo, e toda essa m***. Depois tudo dá certo e você termina com Volkanovski e Ortega. Mas existem muitos treinadores diferentes sendo discutidos antes do início do show”, explicou Dana White, confirmando a informação dada pela brasileira ao podcast do ‘Combate.com’.

Com o intuito de revelar novos talentos para o Ultimate e ajudar a popularizar o esporte, o ‘TUF’ foi lançado em 2005 e, desde então, já promoveu quase 40 edições, entre versões americanas e internacionais, incluindo quatro temporadas brasileiras. A nova temporada é liderada pelo campeão peso-pena Alexander Volkanovski e Brian Ortega, que devem se enfrentar, com o título até 66 kg em jogo, ao final do programa.

Mais em UFC