Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Dana White minimiza incidente entre McGregor e cantor: “Foi um mal-entedido”

Em recuperação de uma fratura na perna sofrida em julho deste ano, Conor McGregor se envolveu em uma confusão e precisou ser contido por seguranças para não chegar às vias de fato com o cantor Machine Gun Kelly, no tapete vermelho do ‘MTV Video Music Awards’, tradicional premiação musical, realizada no último domingo (12), nos Estados Unidos. O episódio entra para a extensa lista de polêmicas protagonizadas pelo ex-campeão do UFC fora dos octógonos. Nada que pareça preocupar Dana White, chefe do irlandês na principal organização de MMA do mundo.

Na última terça-feira (14), em conversa com a imprensa após o mais recente episódio do programa ‘Contender Series’, o presidente do UFC minimizou o incidente entre a principal estrela de sua companhia e o famoso cantor. De acordo com Dana, situações como esta envolvendo lutadores são mais comuns do que se pensa e, portanto, não o surpreendem.

“Eu falei com os dois, na verdade. Está tudo bem com eles agora. Foi um mal-entendido ou seja o que for. (…) Pessoal, esse é o mundo das lutas. Eu tenho 700 lunáticos sob contrato aqui. O que vocês acham – esse é o tipo de coisa que acontece às vezes. Isso não é a Microsoft. Nós estamos em um negócio maluco aqui”, declarou Dana White, antes de completar.

“Eu acho que todos nós conhecemos a personalidade do Conor, e nós temos alguns caras que são assim. Esses caras são lutadores e esse é o mundo das lutas. Coisas malucas acontecem no negócio das lutas”, concluiu o dirigente.

De fato, a personalidade de Conor McGregor já é bastante conhecida e foi um dos fatores fundamentais que o tornaram o lutador de MMA mais conhecido dentro e fora do mundo das lutas na história. Além de se notabilizar por ser um dos atletas que melhor utilizam o ‘trash talk’ para desestabilizar psicologicamente seus adversários, o irlandês acumula polêmicas fora do octógono, incluindo agressões a civis, acusações de abuso sexual e outros incidentes menores.

Mais em UFC