Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Dana White enaltece e expressa gratidão por Aldo: “UFC sempre será a casa dele”

No último domingo (18), José Aldo se aposentou do MMA e encerrou uma carreira das mais condecoradas. O brasileiro entrou em acordo com o UFC e, mesmo com uma luta restante em seu contrato com a companhia, conseguiu a liberação para, enfim, descansar. Após a saída do veterano da organização e de seu adeus ao esporte, Dana White comentou a respeito.

Na coletiva de imprensa pós-edição do reality show ‘Contender Series’, realizada na última terça-feira (20), o líder do UFC manifestou todo seu respeito pelo antigo rei do peso-pena (66 kg) da organização. Geralmente, quando lutadores renomados são liberados pela companhia, parte da comunidade do MMA tende a achar que há uma relação ruim entre as partes, mas Dana não é adepto desta tese, ao menos em se tratando do ‘Rei do Rio’. Tanto que o cartola garante que as portas de sua empresa sempre vão estar abertas para o veterano por tudo que ele representa para a própria liga, para o esporte e para uma parcela dos fãs.

“Nós o amamos. Esta sempre será a casa dele. Eu disse para Aldo que se ele precisar de alguma coisa aqui, se quiser ir a um evento, esta é sempre a sua casa. Esse é um cara que você conhece do WEC ao UFC, ajudou a construir o esporte, a marca e o Brasil para nós. Nós o amamos e sempre amaremos. Ele fez uma grande vida para si mesmo lá também e fez grandes coisas, ganhou muito dinheiro. Eu não poderia estar mais feliz por ele e sua família”, declarou o cartola.

Aposentado, José Aldo, de 36 anos, é uma lenda do MMA. O brasileiro estreou pelo UFC em 2011, foi campeão do peso-pena e disputou o título do peso-galo (61 kg). No esporte, o atleta venceu 31 lutas e perdeu oito vezes. Seus principais triunfos foram sobre Chad Mendes (duas vezes), Chan Sung Jung, Cub Swanson, Frankie Edgar (duas vezes), Jeremy Stephens, Kenny Florian, Marlon Vera, Mike Brown, Pedro Munhoz, Renato Moicano, Ricardo Lamas, Rob Font e Urijah Faber.

Mais em UFC