Siga-nos
Alejandro Salazar/PxImages

UFC

Dana White elege momento mais marcante da trajetória de José Aldo no UFC

No último domingo (18), José Aldo se aposentou do MMA e, ao que parece, já deixou saudade no UFC. Tanto que na coletiva de imprensa pós-edição do reality show ‘Contender Series’, da terça-feira (20), Dana White abordou o assunto e teceu elogios ao brasileiro. E não parou por aí. Ao ser questionado por um jornalista sobre os momentos mais marcantes na carreira do lutador, o líder da organização mencionou o seu preferido.

É bem verdade que a trajetória de Aldo no MMA, principalmente no UFC, possui diversos lances emblemáticos, mas, de acordo com Dana, o maior deles aconteceu em 2012, no Rio de Janeiro. Na visita da organização ao Brasil, José, campeão do peso-pena (66 kg) no período, enfrentou Chad Mendes, nocauteou com uma joelhada no último segundo do primeiro round e protagonizou uma comemoração épica. Empolgado com o feito, o atleta saiu do octógono e se jogou na torcida para celebrar o triunfo. Logo, para Dana, a cena do ‘Rei do Rio’ nos braços da multidão é o ‘highlight’ da carreira do profissional, pois representa com fidelidade a sintonia existente entre ele e seus fãs.

“Isso é sempre difícil para mim. Acho que foi a luta no Rio. Ele pulou para fora do octógono, pulou no meio da multidão, a multidão estava carregando Aldo, o lugar estava insano. Foi um dos meus momentos favoritos de Aldo. A segurança não ama, mas eu amo”, declarou o cartola.

Aposentado, José Aldo, de 36 anos, é uma lenda do MMA. O brasileiro estreou pelo UFC em 2011, foi campeão do peso-pena e disputou o título do peso-galo (61 kg). No esporte, o atleta venceu 31 lutas e perdeu oito vezes. Seus principais triunfos foram sobre Chad Mendes (duas vezes), Chan Sung Jung, Cub Swanson, Frankie Edgar (duas vezes), Jeremy Stephens, Kenny Florian, Marlon Vera, Mike Brown, Pedro Munhoz, Renato Moicano, Ricardo Lamas, Rob Font e Urijah Faber.

Mais em UFC