Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Dana mostra interesse em retorno de Nate Diaz ao UFC: “Espero que lute este ano”

Não é raro de se notar no MMA que alguns campeões são subestimados enquanto atletas, sem o cinturão, são exaltados por boa parte dos fãs. Os irmãos Diaz ilustram bem esse fenômeno. Os ‘bad boys’ Nate e Nick são dois dos lutadores mais populares da modalidade e, mesmo afastados, não são esquecidos pela legião que os segue. Dana White, presidente do UFC, sabe muito bem disso, já que a dupla costuma ser mencionada em diversas coletivas de imprensa – e não foi diferente dessa vez.

Ao participar de uma recente sessão de perguntas e respostas com os fãs na ‘ESPN’ americana, Dana foi questionado sobre um possível retorno de Nate ao UFC. E se o líder da organização é contra a volta de Nick, seu irmão mais velho, o mesmo não se aplica ao rival de Conor McGregor. Tanto é que o cartola revelou que ainda possui interesse em contar com seus serviços na companhia. Apesar do posicionamento, Dana não mostrou confiança de que o americano tenha o mesmo plano.

“Espero que Nate lute este ano. Torço para que sim. Eu gostaria de vê-lo lutar. Não estou contando com isso, mas gostaria de vê-lo lutar”, declarou Dana.

Nate Diaz, de 35 anos, mudou de patamar no esporte após enfrentar Conor McGregor. A rivalidade foi iniciada em 2016 e cada um venceu uma luta. Após enriquecer e ganhar fama, o bad boy é visto apenas em combates grandiosos. Sua última aparição aconteceu em 2019, quando foi nocauteado por Jorge Masvidal. Além do astro irlandês, os triunfos mais marcantes do americano foram diante de Anthony Pettis, Donald Cerrone, Gray Maynard, Jim Miller, entre outros.

Mais em UFC