Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Dana aponta Covington como provável próximo desafiante ao título dos meio-médios

No próximo sábado (24), na luta principal do UFC 261, na Flórida (EUA), Kamaru Usman colocará o cinturão dos meio-médios (77 kg) em jogo novamente contra Jorge Masvidal, a quem já superou em julho do ano passado. E ao que tudo indica, caso vença ‘Gamebred’ mais uma vez, o campeão terá pela frente na sequência mais um velho conhecido.

Em entrevista à rede de televisão canadense ‘TSN’, Dana White apontou o americano Colby Covington, primeiro colocado no ranking da categoria, como o provável próximo desafiante ao cinturão de Usman. Assim como Masvidal, ‘Chaos’ já foi derrotado pelo nigeriano anteriormente, mas em um confronto muito mais equilibrado, classificado pelo presidente do UFC como um dos melhores já vistos por ele.

A intensa batalha entre Kamaru e Colby, realizada em dezembro de 2019, é uma das principais razões apontadas pelo dirigente para justificar uma provável nova oportunidade para o americano, mesmo com apenas uma luta disputada por ele desde então, na qual saiu vitorioso diante do ex-campeão Tyron Woodley. A repetição de rivais tentando destronar o nigeriano, aliás, não parece ser uma preocupação do presidente do UFC, que trata o assunto de forma natural, especialmente pela trajetória de Usman, que está perto de ‘limpar’ o topo da divisão.

“Ele (Usman) está em um ponto na sua carreira agora onde ele está olhando para: ‘Quem é o próximo novamente?’. Ele está voltando e vai enfrentar caras que ele já venceu. Masvidal obviamente pegou aquela (primeira) luta de última hora, então nós vamos dar a ele essa luta e nós podemos acabar com as desculpas. E depois Colby Covington é o próximo”, indicou Dana White, antes de completar.

“A luta com ele e Colby Covington é uma das melhores que eu já vi. Colby Covington, ame-o ou o odeie, ou qualquer que seja seu negócio com ele, é um dos melhores lutadores do mundo. Ele é um lutador muito, muito bom, e aquela luta foi incrível, e ambos os caras tiveram que cavar fundo naquela luta. Quem sabe? Qualquer coisa pode acontecer. Lutadores se machucam, coisas acontecem, o timing. Quem sabe, especialmente hoje em dia? Mas essa deve ser a luta para acontecer na sequência”, finalizou.

Entre os atletas presentes atualmente no top 5 da divisão meio-médio, apenas Stephen ‘Wonderboy’ Thompson ainda não teve a oportunidade de enfrentar Kamaru Usman no octógono mais famoso do mundo. O nigeriano, campeão da divisão desde março de 2019, venceu todos os 13 confrontos que disputou pelo UFC, sendo quatro deles em disputas pelo título.

Por sua vez, Colby Covington perdeu apenas um combate em suas nove últimas apresentações, justamente na disputa de título contra Kamaru Usman. O americano chegou a conquistar o cinturão interino dos meio-médios em 2018, mas foi destituído de seu título antes mesmo de tentar unificá-lo diante do então campeão Tyron Woodley.

Mais em UFC