Siga-nos
Daniel Cormier já foi campeão do Ultimate - Leandro Bernardes / PxImages

UFC

Cormier destaca valor de luta contra Miocic para a história do peso-pesado do UFC

No dia 15 de agosto, Daniel Cormier vai para a sua última luta da carreira, quando reencontra Stipe Miocic em disputa pelo cinturão do peso-pesado do Ultimate, na luta principal do UFC 252, em Las Vegas (EUA). E o ex-campeão da divisão destacou a importância que esse duelo tem para ele e também para a história da organização.

Em entrevista a site ‘MMA Fighting’, o ex-detentor dos títulos do peso-pesado e meio-pesado (93 kg) da liga afirmou que o vencedor dessa trilogia pode ser colocado no patamar de melhor da história da divisão do UFC e afastou uma pressão a mais nesse combate, principalmente por ser o último de sua carreira. O discurso de ‘DC’ corrobora a opinião do presidente da franquia, Dana White, que recentemente, também disse que enxerga o duelo com esse valor a mais.

“Eu nem acho que a pressão vem da aposentadoria ou algo assim. Acho que a pressão entra na questão de ser a terceira luta. É a luta termina o debate. Há muita coisa em jogo nessa luta. Não apenas o título do peso-pesado ​​do mundo, mas também quem vencer essa luta, será lembrados como o maior peso-pesado desta época e o maior peso-pesado da história do UFC. Esta é uma grande luta. Essa luta tem enormes riscos”, disse.

No primeiro confronto entre Daniel Cormier e Stipe Miocic, realizado em julho de 2018, ‘DC’ levou a melhor, ao nocautear o, até então campeão, e adicionar o cinturão peso-pesado à cinta dos meio-pesados (93 kg), esta renunciada pelo próprio alguns meses depois. Já em agosto do ano passado, na revanche, Stipe conseguiu recuperar seu título com uma vitória por nocaute técnico sobre o rival.

Mais em UFC