Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Cormier defende ‘Borrachinha’ após punição no UFC Vegas: “Foi julgado injustamente”

Em meio à toda confusão que cercou o combate entre Paulo ‘Borrachinha’ e Marvin Vettori nos dias que antecederam o UFC Vegas 41, realizado no último sábado (23), uma polêmica decisão da arbitragem durante a batalha entre os lutadores parece ter repercutido menos do que deveria. No segundo round da disputa, o árbitro Jason Herzog deduziu um ponto do brasileiro após uma dedada involuntária atingir o olho do italiano. A ação do mediador chamou a atenção, especialmente por não ser comum punir um atleta após a primeira infração, e causou revolta na equipe do mineiro.

Apesar disso, a retirada do ponto não interferiu na pontuação final dos juízes, que apontaram a vitória de Marvin Vettori de forma unânime após o encerramento dos cinco rounds da luta principal do UFC Vegas 41. Talvez por isso, a controversa decisão de Jason Herzog não tenha ganhado tanta repercussão, mas, atento ao evento, Daniel Cormier – ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) e pesos-pesados do Ultimate – deu razão às reclamações de ‘Borrachinha’ e classificou a decisão do árbitro como injusta.

De acordo com o veterano – que hoje em dia atua como comentarista -, o árbitro se deixou influenciar pelos acontecimentos pré-luta na hora de punir o brasileiro. Vale lembrar que durante a semana que antecedeu o combate, ‘Borrachinha’ foi amplamente criticado por desembarcar em Las Vegas (EUA) muito acima do peso e, por esta razão, ‘obrigar’ seu adversário e o UFC a aceitarem uma mudança de última hora na categoria na qual a peleja seria disputada, do peso-médio (84 kg) para o meio-pesado.

“Nós temos visto muitas dedadas no olho muito mais graves acontecerem nas lutas. Eu mesmo já fiz isso. Eu dei mais dedadas (no olho) do que esse cara deu no Marvin Vettori e não tive um ponto retirado. Como um árbitro, você não pode ler as manchetes. Eu acho que nessa, (Jason) Herzog leu as manchetes e talvez tenha julgado (Paulo) Costa injustamente”, opinou Daniel Cormier, em vídeo publicado no seu canal no ‘Youtube’, recordando seu próprio histórico de golpes ilegais aplicados, especialmente nos combates da trilogia contra Stipe Miocic.

Com o resultado, Paulo ‘Borrachinha’ chegou à segunda derrota consecutiva, tendo sido superado também por Israel Adesanya, em setembro do ano passado, em disputa pelo título da divisão até 84 kg do UFC. Por conta do problema com o peso apresentado nesta última semana, o brasileiro deve ser forçado pela organização a subir definitivamente para os meio-pesados, como adiantou Dana White, em entrevista coletiva pós-show.

Mais em UFC