Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Conor McGregor promete ‘maior retorno da história do esporte’ no UFC

Parte da comunidade do MMA duvida que Conor McGregor, de fato, vai voltar a lutar no UFC, mas seus fãs continuam acreditando no retorno do astro do esporte. Sem atuar desde julho de 2021 por conta de uma grave lesão sofrida na perna, ‘Notorious’, na última terça-feira (4), tranquilizou uma parcela dos amantes da modalidade ao avisar que sua volta à ação ficou mais próxima.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), McGregor realizou uma sessão de perguntas e respostas com parte de seus fãs e não ficou em cima do muro. Ao ser questionado sobre seus planos na provável volta ao octógono em 2023, Conor, que se acostumou com a grandeza no esporte, não se mostrou disposto a largá-la. O astro irlandês, ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) do UFC, garantiu estar totalmente recuperado da lesão na perna sofrida contra Dustin Poirier e, mesmo em má fase na carreira, com duas derrotas seguidas para o rival, esbanjou confiança e prometeu um retorno triunfal ao MMA, em busca do terceiro cinturão diferente da liga.

“O maior retorno da história do esporte”, escreveu o ex-campeão do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Conor McGregor, de 34 anos, vive má fase no MMA, mas segue como principal nome do UFC. Dois anos após sua estreia na organização, o astro irlandês se transformou em um fenômeno do esporte e conquistou o cinturão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg). Mesmo com duas derrotas seguidas, ‘Notorious’ está confiante de que vai dar a volta por cima na modalidade. Seus triunfos mais marcantes foram contra Chad Mendes, Donald Cerrone, Dustin Poirier, Eddie Alvarez, José Aldo, Max Holloway e Nate Diaz. O atleta possui um cartel composto por 22 vitórias, sendo 20 pela via rápida e 19 delas por nocaute, e seis derrotas.

Mais em UFC