Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Conor McGregor apoia presença de youtubers no boxe: “Sou um espectador”

Recentemente, o boxe foi assolado pela presença dos irmãos Paul. Os youtubers começaram a se aventurar no esporte, levaram os treinos a frente e desafiaram diversos atletas tanto da modalidade, quanto do MMA. A postura um tanto agressiva de Jake em suas declarações dividiu a opinião dos fãs e não agradou boa parte dos profissionais. Um dos pesados ataques feitos pela celebridade da internet foi direcionado à Conor McGregor, que surpreendeu. Se Dillon Danis, amigo e parceiro de treino do astro irlandês, caiu na armadilha e rebateu de forma incisiva, o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) do UFC não polemizou.

Em entrevista ao canal ‘Bloomberg’, McGregor opinou sobre a presença dos youtubers no boxe e não se posicionou contra. Pelo contrário, o ex-campeão do UFC incentivou a dupla (Jake e Logan) a permanecer no esporte. Ao mesmo tempo, o astro irlandês destacou que a grande audiência que a última aparição de Jake nos ringues apresentou não foi devido a sua presença e sim por conta da superluta entre as lendas Mike Tyson e Roy Jones Jr. Além disso, ‘Notorious’, como o atleta é conhecido, a princípio, negou qualquer interesse em enfrentar a polêmica figura, mas, ao mesmo tempo, deu a entender que uma proposta vantajosa pode mudar o quadro.

“Se eles estão lutando bem, não se pode ridicularizar. Eles estão competindo e não sou contra isso. Porém, os números que aquele show atingiu foi pela luta de Tyson. Você teve um ícone lutando, assim como Jones, que são dois dos maiores de todos os tempos dos esportes de combate. O garoto do YouTube e a estrela da NBA competiram por baixo. Eles fizeram bons negócios. Eu estou dentro dessas competições? Não é o nível mais alto, se houver algum, nessa fase. Obviamente, a luta Tyson e Jones foi de alto nível. Como se costuma dizer, se faz dinheiro, faz sentido. Sei que Dana e o UFC não gostam, mas não sou tão contra. Se as pessoas estão dispostas a correr o risco de fazer esta caminhada, certamente sou um espectador”, declarou McGregor.

O registro de Jake Paul, de 23 anos, no boxe é de duas lutas e duas vitórias, ambas por nocaute, e a lista dos atletas insatisfeitos com sua presença nos esportes de combate é grande. O youtuber desafiou Ben Askren, Conor McGregor, Dillon Danis, Michael Bisping e Nate Diaz e, ao mesmo tempo, se tornou alvo de Claressa Shields, Henry Cejudo, Mike Perry, Vitor Belfort, entre outros lutadores.

Logan Paul, de 25 anos, realizou apenas duas lutas de boxe em sua breve carreira. Na primeira, ainda em uma disputa em caráter amador, o youtuber empatou com o rapper inglês KSI. Na revanche, com regras profissionais, o americano perdeu por decisão dividida. Atualmente, a celebridade da internet se prepara para enfrentar Floyd Mayweather, um dos melhores pugilistas de todos os tempos, no dia 20 de fevereiro.

Mais em UFC