Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Com futuro indefinido no UFC, Robert Whittaker se mostra aberto a desafios

Tudo leva a crer que Robert Whittaker se prepara para retornar ao octógono, independentemente de quem seja seu próximo adversário. Na noite da última segunda-feira (15), a equipe de Paulo ‘Borrachinha’ alegou que o lutador brasileiro está com uma forte gripe e que o duelo contra o ex-campeão do peso-médio (84 kg) do UFC, marcado para o dia 17 de abril, estaria comprometido. No entanto, o neozelandês parece disposto a seguir em frente.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Whittaker, após saber da possibilidade do duelo contra ‘Borrachinha’ cair, postou um registro de seu treinamento e, possivelmente, abraçou um novo desafio. Uma das opções é Kelvin Gastelum, que pediu para substituir ‘Borrachinha’. De acordo com o site ‘Sporting News’, outra possibilidade é ‘The Reaper’ lutar novamente pelo cinturão do peso-médio contra Israel Adesanya, atual número um da categoria.

“E o show continua”, escreveu Whittaker em sua conta oficial no ‘Twitter’.

O UFC ainda não se pronunciou a respeito do quadro. Caso Kelvin Gastelum e Robert Whittaker lutem, o encontro vai solucionar a dúvida que existe desde 2019. O ex-campeão do peso-médio estava escalado para enfrentar o americano, mas passou por uma cirurgia de emergência na região abdominal horas antes da realização do UFC 234.

Robert Whittaker também possui história com Israel Adesanya. Inclusive, o nigeriano se tornou campeão do peso-médio, justamente, ao nocautear o rival no segundo round, em duelo que aconteceu no UFC 243, também em 2019, na Austrália. Desde então, ‘The Reaper’ venceu os dois combates que disputou e se aproximou de acertar as contas com o nigeriano.

Mais em UFC