Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Chimaev desafia Covington para luta e faz ameaça: “Vou arrancar seu coração”

Khamzat Chimaev está com fome de luta. Na última segunda-feira (29), o sueco utilizou suas redes sociais para desafiar Brock Lesnar, Daniel Cormier e Georges St-Pierre, todos ex-campeões do UFC, mas não esqueceu um rival atual. Disposto a voltar ao octógono o quanto antes, ‘Borz’ atacou Colby Covington com palavras fortes.

Em suas redes sociais (clique aqui, aqui e aqui), Chimaev expressou toda sua aversão por Covington e não só o desafiou para uma luta, como também o ameaçou. Vale destacar que o possível duelo pode colocar frente a frente um atleta que foi campeão interino dos meio-médios (77 kg) do UFC e disputou o título linear duas vezes, contra outro que ainda não se consolidou no top-10 da categoria

Essa não foi a primeira vez que Chimaev e Covington se desentendem. Anteriormente, o sueco já havia expressado o interesse em enfrentar ‘Chaos’ e prometeu castigá-lo no octógono. Já o americano questionou a qualidade de ‘Borz’, cravou que este não está pronto para lutar contra os melhores meio-médios do UFC e ainda o apelidou com um termo pornográfico. Sendo assim, a promessa do MMA partiu com tudo para o ataque.

Vamos puta, lute comigo. Vou arrancar seu coração. Chame a polícia, porque estou indo te pegar. Você não representa os Estados Unidos, eu represento. Você representa a covardia”, escreveu a promessa do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Invicto no MMA, Khamzat Chimaev, de 27 anos, possui quatro lutas no UFC e se encontra em 11º lugar no ranking dos meio-médios. O sueco estreou pela organização em 2020 e, até o momento, suas vítimas nela foram John Phillips, Rhys McKee, Gerald Meerschaert e Li Jingliang em sequência. A curiosidade é que ‘Borz’ venceu os dez combates que disputou na carreira pela via rápida (seis por nocaute e quatro por finalização), estatística que prova sua dominância quando atua.

Mais em UFC