Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Charles Do Bronx critica equipe de Islam Makhachev: “A arrogância vai matar eles”

Escalado para encarar Islam Makhachev no dia 22 de outubro, na luta principal do UFC 280, em Abu Dhabi (EAU), em disputa válida pelo cinturão peso-leve (70 kg), Charles ‘Do Bronx’ não esconde seu desconforto com a maneira como o rival e sua equipe escolheram promover o confronto. Acostumado a ignorar as provocações pré-combate de seus adversários, o brasileiro abriu uma exceção e mostrou que não está satisfeito com o ‘trash talk’ usado pelo russo e sua entourage.

Em entrevista ao canal ‘MMA Hoje’, Charles criticou a postura, considerada por ele como arrogante, com a qual Makhachev e seu time – liderado pelo ex-campeão e parceiro de treinos do russo Khabib Nurmagomedov e pelo empresário da dupla, Ali Abdelaziz – tem analisado o confronto entre os dois astros do peso-leve do UFC, e aproveitou para fazer um alerta ao rival.

Confiante, ‘Do Bronx’ descartou que qualquer provocação feita pelo rival possa desestabilizá-lo mentalmente e recordou seu passado de dificuldades desde a infância para corroborar sua afirmação. Sendo assim, o brasileiro alertou Makhachev, ressaltando que todas as declarações feitas publicamente para desmerecê-lo podem virar contra o próprio russo quando os dois estiverem frente a frente dentro do octógono do UFC 280.

“A arrogância deles vai matar eles. A arrogância. Tanto de empresário, como de ex-lutador. A arrogância vai matar eles. Se eles pensam que vão vir para cá brincando, ninguém nunca vai me bater mais do que a vida já bateu. Eu fui um moleque que foi tirado do sopro do coração, reumatismo dos ossos, quando o médico falou que nem lutar eu ia lutar na minha vida, nunca ia fazer nada de esporte, e eu me tornei campeão do UFC. Estou indo para a sua casa, meu amigo, lutar contra você para fazer história e seguir como campeão dos pesos-leves. Escuta bem o que eu estou falando: a arrogância de vocês vai matar vocês, vai afundar vocês. Vocês estão falando um monte de besteira e eu estou só na minha, levando, respeitando, como eu sempre respeitei todos vocês. Só que tudo que vocês falam está na mídia, está chegando. Depois não reclama”, disparou Charles.

O brasileiro Charles Oliveira conquistou o cinturão do peso-leve do Ultimate em maio do ano passado, após vencer o americano Michael Chandler. Após defender com sucesso seu título pela primeira vez, ao finalizar Dustin Poirier, sete meses depois, o faixa-preta venceria Justin Gaethje na sua segunda defesa, em meio deste ano, mas sairia sem a cinta, por conta de uma polêmica falha na balança no dia anterior.

Por conta da vitória sobre Gaethje, ‘Do Bronx’ garantiu a vaga para a próxima disputa de título, sendo escalado para enfrentar o embalado Islam Makhachev. O russo, pupilo do ex-campeão Khabib Nurmagomedov, chega para o combate credenciado por ter vencido seus dez últimos compromissos, segunda maior sequência de triunfos ativa na divisão dos leves, atrás somente de Charles, que possui 11 vitórias consecutivas. Os dois medem forças no main event do UFC 280, em Abu Dhabi, no dia 22 de outubro.

Mais em UFC