Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Chandler aposta em vitória de Poirier sobre Charles ‘Do Bronx’ no UFC 269

Se depender de Michael Chandler, o peso-leve (70 kg) do UFC terá um novo campeão. Como integra o top-5 da divisão e permanece próximo de disputar o título novamente, ‘Iron’ analisou o possível e aguardado embate entre Charles Oliveira, detentor do cinturão da categoria, e Dustin Poirier, na edição de número 269, que acontece no dia 11 de dezembro, ainda sem local definido.

Em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’, Chandler apontou Poirier como favorito para a disputa de cinturão do peso-leve do UFC contra Charles. De acordo com o ex-desafiante ao título da categoria, ‘The Diamond’ é um lutador mais completo do que o campeão e cita o aspecto físico como um diferencial no duelo.

É bem verdade que Chandler enalteceu o jiu-jitsu de Charles e reconheceu que a trocação do brasileiro melhorou consideravelmente. Tanto que, no duelo que travaram em maio, o ex-campeão do Bellator foi surpreendido no segundo round e acabou nocauteado, depois de desperdiçar a chance de nocautear ‘Do Bronx’ nos primeiros cinco minutos de luta. Para ilustrar seu posicionamento, ‘Iron’ afirmou que, se estivesse em seu lugar, Poirier teria encerrado o combate contra o paulista, porque é um atleta que aproveita as oportunidades.

“Acho que Poirier vence. Os dois são lutadores completos. Charles mostrou nas últimas duas lutas, principalmente comigo, que suas mãos melhoraram. Ele é básico e bate forte. Ele bate mais forte do que pensamos. Seu grappling está obviamente sempre no ponto certo, mas acho que Poirier é um pouco melhor em todas as áreas. O cardio de Poirier é melhor. A capacidade de Poirier de machucar e terminar a luta, como eu não fui capaz de fazer, é incomparável. Acho que Poirier vence a luta por uma por interrupção do árbitro no terceiro ou no quarto round”, analisou Chandler.

Charles Oliveira, de 31 anos, vive momento mágico no MMA. Conhecido no esporte pelo jiu-jitsu de alto nível, o brasileiro mostrou que sua trocação também está afiada e representa uma ameaça aos oponentes. Agora, ‘Do Bronx’ possui nove triunfos seguidos, sendo cinco por finalização e três por nocaute. Além disso, o campeão do peso-leve do UFC é o recordista de finalizações na história da companhia (14 vezes) e o lutador que mais venceu pela via rápida (17). Seu cartel profissional é composto por 31 vitórias, sendo 28 pela via rápida, e oito derrotas.

Dustin Poirier, de 31 anos e ex-campeão interino do peso-leve do UFC, é um dos lutadores mais condecorados na história da categoria. No MMA desde 2009 e no Ultimate dois anos depois, ‘The Diamond’ superou nomes importantes como Anthony Pettis, Conor McGregor (duas vezes), Dan Hooker, Eddie Alvarez, Jim Miller, Justin Gaethje e Max Holloway (duas vezes). Atualmente, o atleta ocupa a primeira posição no ranking da divisão e possui um cartel composto por 28 vitórias, sendo 21 pela via rápida e seis derrotas.

Mais em UFC