Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Carlos Diego começa bem, mas cansa e é nocauteado por rival no UFC Vegas 26

Primeiro brasileiro em ação no octógono do UFC Vegas 26, evento realizado neste sábado (8), Carlos Diego Ferreira tinha a missão de fazer as pazes com a vitória. Depois de acumular seis triunfos seguidos no evento, o atleta de 36 anos foi superado por Beneil Dariush em fevereiro passado e, diante de Gregor Gillespie, colocou sua 12ª posição no ranking em jogo.

Mas apesar de um começo promissor, o experiente lutador de jiu-jitsu foi nocauteado no segundo round após ser dominado fisicamente pelo americano. Incansável, Gillespie apostou em constantes tentativas de queda e na pressão de seus ataques para conter o ímpeto do rival.

A estratégia deu certo, ainda mais pela dificuldade com o corte de peso apresentada por Diego, que no dia anterior ao evento havia estourado o limite da categoria dos pesos-leves (70 kg) em cerca de dois quilos. No octógono, não demorou para que a diferença de preparo físico fizesse a diferença.

Com o resultado, o atleta brasileiro acumula um cartel profissional de 17 vitórias e quatro derrotas, enquanto que Gregor, atual número 14 do ranking, venceu a 14ª disputa na carreira e se recuperou do único revés como profissional – o atleta foi nocauteado por Kevin Lee em novembro de 2019.

A luta

Em um primeiro round movimentado, Diego mostrou um boxe preciso e boas defesas de queda. Após surpreender o oponente com combinações de jab e direto, o brasileiro passou a evitar as seguidas tentativas de Gregor em levá-lo para o solo. Por fim, ‘CDF’ ainda terminou o assalto por cima, golpeando pelas costas. Diego 10 x 9 Gregor.

A intensidade do combate continuou na etapa seguinte. Incansável em seu plano de tentar derrubar, o atleta americano sofreu alguns golpes no início até conseguir colocar o faixa-preta de jiu-jitsu com as costas no chão. E apesar da desenvoltura de Diego na luta agarrada, a pressão constante e o preparo físico de Gregor falaram mais alto.

Com pouco menos de vinte segundos para o fim do assalto, o árbitro interrompeu o confronto quando Gillespie aplicava forte sequência de golpes pelas costas do rival que, indefeso, demonstrou que o cansaço o impedia de continuar.

Acompanhe os resultados do UFC Las Vegas 26:

Gregor Gillespie  nocauteou Diego Ferreira no 2º round;
Phil Hawes venceu Kyle Daukaus por decisão unânime;
Michael Trizano venceu Ľudovít Klein por decisão unânime;
Jun Yong Park venceu Tafon Nchukwi por decisão majoritária;
Carlston Harris finalizou Christian Aguilera no 1º round.

Mais em UFC