Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Brasileiro é nocauteado no UFC, se irrita e atira protetor bucal no rival

O duelo entre Rogério Bontorin e Kai Kara-France foi um carrossel de emoções no card preliminar do UFC 259, evento realizado neste sábado (6), em Las Vegas (EUA). Após início avassalador, o brasileiro foi nocauteado no fim do assalto inicial e se envolveu em polêmica (clique aqui ou veja abaixo).

Nos instantes iniciais do confronto, Rogério não perdeu tempo e derrubou o rival. Poucos segundos depois, uma rápida pegada de costas parecia que daria números finais à luta. No entanto, Kai Kara-France suportou a pressão e defendeu as seguidas tentativas de finalização por cerca de quatro minutos, até ter a oportunidade de inverter a posição e se levantar.

A partir daí, o esforço feito na luta de solo custou caro ao brasileiro, que parecia mais lento e passou a sofrer com os diretos e cruzados do neozelandês. Em um dos ataques, Rogério desabou com a cabeça em direção ao chão, o que levou o árbitro Herb Dean a interromper o confronto. Em seguida, a polêmica foi instalada.

Kara France correu ao redor do cage celebrando, até que ao completar a volta avistou o brasileiro deitado no cage. Talvez para provocar, ou talvez desconfiado da possibilidade da luta não ter sido interrompida, ele ameaçou lançar mais um golpe antes de ser contido pelo árbitro.

Por sua vez, Rogério pareceu irritado. Tanto que levantou, tirou o protetor bucal e arremessou em direção ao rival – sem acertá-lo.


Acompanhe os resultados do UFC 259:

Kai Kara-France nocauteou Rogério Bontorin no 1º round;
Tim Elliott venceu Jordan Espinosa por decisão unânime;
Kennedy Nzechukwu nocauteou Carlos Ulberg no 2º round;
Sean Brady finalizou Jake Matthews no 3º round;
Amanda Lemos nocauteou ‘Livinha’ Souza no 1º round;
Uros Medic nocauteou Aalon Cruz no 1º round;
Trevin Jones nocauteou Mario Bautista no 2º round.

Mais em UFC