Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Blachowicz elogia evolução de Adesanya no jogo de chão: “Fez o dever de casa”

Depois de defender o cinturão dos meio-pesados (93 kg) com sucesso diante de Israel Adesanya, em março deste ano, e se tornar o primeiro atleta a derrotar o nigeriano no MMA, Jan Blachowicz se tornou referência quando o assunto é: como colocar em prática uma estratégia para superar o talentoso lutador africano. Por isso, após a mais recente apresentação do campeão peso-médio (84 kg), o polonês foi procurado pela imprensa especializada e fez questão de reconhecer a evolução do antigo rival.

Em entrevista ao ‘Lynch on Sports’, Blachowicz destacou a melhora apresentada por Adesanya no jogo de chão contra Marvin Vettori, no último sábado (12), ao defender o cinturão dos médios, na luta principal do UFC 263. Vale lembrar que este foi um dos trunfos do polonês para derrotar o striker nigeriano no embate entre eles, em março deste ano.

Assim como Blachowicz, Marvin Vettori tentou replicar a mesma estratégia de levar Adesanya para o chão, onde teoricamente está seu ponto fraco, mas não teve o mesmo sucesso. Isso, de acordo com o polonês, ocorreu em função do africano ter feito o ‘dever de casa’ e aprimorado suas técnicas no jiu-jitsu entre os dois confrontos.

“Boa luta para assistir. Bom trabalho. Eu acho que Vettori foi um pouco melhor quando o levou para baixo, mas eu acho que Adesanya fez seu dever de casa, e agora ele vai estar muito mais perigoso no chão. Ele o raspou um par de vezes – quando Vettori pegou suas costas, ele escapou facilmente. Então, bom trabalho”, declarou Blachowicz.

Campeão indiscutível do peso-médio do UFC, Israel Adesanya tentou subir de categoria e conquistar um segundo título pela organização, mas viu sua tentativa ser frustrada por Jan Blachowicz, atual soberano dos meio-pesados, em março deste ano, na edição 259 do Ultimate. Já em seu retorno à divisão de origem, o africano não teve problemas para superar Marvin Vettori pela segunda vez no último sábado e manter seu reinado entre os médios.

Mais em UFC