Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Blachowicz destaca o valor de vitória sobre Adesanya: “Vou ter o respeito de todos”

Atual campeão peso-meio-pesado (93 kg) do Ultimate, Jan Blachowicz entrou como azarão na sua primeira defesa de título. O papel de zebra, atribuído pelas casas de aposta, diante de Israel Adesanya, na luta principal do UFC 259, realizado no último sábado (6), não chega a ser uma novidade para o polonês, que já havia visto Dominick Reyes ser apontado como favorito na disputa que lhe coroou como soberano da divisão.

E ainda que não pareça se incomodar, o lutador europeu – em conversa com a imprensa durante a coletiva de imprensa do UFC 259 – antecipou que, a partir de agora, receberá o respeito que merece. O pensamento se justifica tendo em vista que, além de ter confirmado seu status de novo líder da categoria, Blachowicz se tornou o primeiro atleta a derrotar Israel Adesanya no MMA profissional, um feito e tanto, considerando os adversários que o nigeriano, campeão peso-médio (84 kg) do UFC, já havia enfrentado até então.

“Eu defendi meu cinturão. Agora eu provei que sou um verdadeiro campeão e acho que vou ter o respeito de todo mundo. Na próxima luta, eu não vou ser mais o azarão. Mas eu não ligo de qualquer forma”, declarou Jan.

Depois de iniciar sua trajetória no UFC de maneira inconstante, Jan Blachowicz conseguiu se estabelecer como um dos principais nomes do meio-pesado, chegando agora a nove vitórias em suas últimas dez lutas, sendo derrotado neste período apenas pelo brasileiro Thiago ‘Marreta’. Aos 38 anos, o polonês deve fazer sua próxima defesa de título contra outro veterano do esporte, o mineiro Glover Teixeira, atual número um do ranking da categoria.

Mais em UFC