Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Belal Muhammad revela torcida por Nate Diaz em duelo contra rival Leon Edwards

Mesmo com compromisso marcado para este sábado (12), diante de Demian Maia, pelo card principal do UFC 263, que acontece no Arizona (EUA), Belal Muhammad não parece ter superado o infeliz desfecho de sua última luta, contra Leon Edwards, em março deste ano. Prova disso é que o meio-médio (77 kg) já declarou sua torcida pela derrota do rival, que também se apresentará no octógono montado na ‘Gila River Arena’.

Em conversa com a imprensa durante o media day do UFC 263, Belal não escondeu seu desejo de ficar novamente frente a frente com o lutador britânico dentro do octógono e, com isso, resolver o assunto que ficou pendente no primeiro encontro entre eles. Vale lembrar que o confronto realizado em março, terminou em ‘no contest’ (sem resultado) após Edwards atingir o americano de origem palestina com uma dedada no olho involuntária no início do segundo round, que impossibilitou a continuação da peleja.

De olho na revanche, Muhammad afirmou que torce pela vitória de Nate Diaz sobre Leon Edwards neste sábado, também pelo card principal do UFC 263. Na visão do meio-médio, este seria o melhor cenário, juntamente com sua vitória sobre Demian Maia, para garantir um novo duelo contra o rival em uma data futura.

“Eu vou torcer para Nate Diaz. Porque, obviamente, se Nate Diaz vencer, então definitivamente a luta contra Leon Edwards fará sentido. Então, eu vou estar no exército do Nate Diaz, espero que ele vença essa luta”, declarou Belal, antes de comentar sobre outras opções caso a revanche contra Edwards não seja possível.

“Caso contrário, eu vou olhar para alguém do top 5. Eu não quero ignorar (Demian) Maia, mas quando você vence um cara como ele, você merece uma luta pelo primeiro lugar da fila (por um title shot), ou caras que estejam nesse cenário do título”, concluiu.

A análise de Belal Muhammad faz sentido, já que o próprio presidente do UFC, Dana White, indicou recentemente que o vencedor do duelo entre Edwards e Diaz deve ser contemplado com um ‘title shot’ futuro, provavelmente depois da realização da disputa entre o atual campeão dos meio-médios Kamaru Usman e o próximo desafiante Colby Covington, ainda sem data marcada.

Número 12 no ranking da divisão até 77 kg do Ultimate, Belal Muhammad chega para o duelo contra Demian Maia visando retomar sua ascensão após o decepcionante resultado diante de Leon Edwards no último compromisso. Dos últimos dez combates disputados por ele, o americano venceu oito, perdeu apenas um e teve um ‘no contest’.

Mais em UFC