Siga-nos
Amanda Westcott/Triller Fight Club

UFC

Anderson Silva classifica BJ Penn como melhor lutador da história do MMA

Para parte da comunidade do MMA, Anderson Silva é o melhor lutador da história do esporte, mas, de acordo com ‘Spider’, é outro veterano que merece tal honraria. Afastado das artes marciais mistas desde 2020, quando realizou sua última luta pelo UFC e foi liberado de seu contrato pela empresa, o brasileiro passou a focar em sua carreira no boxe. Mesmo assim, o paulista opina sobre o debate para definir o ‘GOAT’ da modalidade e surpreende com seu voto.

Anderson ignorou nomes como Demetrious Johnson, Fedor Emelianenko, Georges St-Pierre, Jon Jones, Khabib Nurmagomedov, entre outros da disputa e classificou BJ Penn como o seu melhor lutador de MMA de todos os tempos. É bem verdade que, hoje, o havaiano perdeu espaço na discussão, mas, de fato, marcou época no esporte, principalmente, por sua passagem no UFC. Na liga, o atleta se destacou por seu estilo de luta empolgante, talento tanto na trocação, quanto no grappling, foi campeão do peso-leve (70 kg), dos meio-médios (77 kg) e, não à toa, acabou imortalizado no ‘Hall da Fama’ dela. Portanto, segundo o brasileiro, ‘The Prodigy’ não pode ser esquecido.

“Acho que BJ Penn é o melhor lutador de MMA que já vi lutar em toda a minha vida. Sou um grande fã de BJ Penn”, declarou o ex-campeão do UFC, em entrevista ao canal do ‘YouTube’ ‘Helen Yee Sports’.

Anderson Silva, de 47 anos, é um dos lutadores mais celebrados dos esportes de combate. Em seu auge no MMA, o brasileiro marcou época no UFC. ‘Spider’ conquistou o título do peso-médio (84 kg) logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade das artes marciais mistas o maior nome da história da modalidade. Seus principais triunfos foram diante de Chael Sonnen (duas vezes), Dan Henderson, Demian Maia, Derek Brunson, Forrest Griffin, Nate Marquardt, Rich Franklin (duas vezes), Stephan Bonnar, Thales Leites, Vitor Belfort e Yushin Okami.

Mais em UFC