Siga-nos
Diego Ribas/ PXImages

UFC

Anderson ‘Berinja’ é retirado do card após treinador testar positivo para COVID-19

O brasileiro Anderson ‘Berinja’ foi retirado novamente de um card do UFC devido ao protocolo de controle ao vírus da COVID-19. Se em julho do ano passado o atleta contraiu a doença e foi impedido de lutar, desta vez um de seus treinadores é que testou positivo no exame divulgado no dia anterior ao show.

Depois de novos testes, a organização do UFC confirmou que o treinador de boxe Neilson estava infectado e que, por isso, todo o staff do atleta seria impedido de fazer parte do evento deste sábado (17), em Las Vegas (EUA). A informação do corte foi divulgada pelo site do UFC, e o nome do técnico foi apurado pela reportagem da Ag. Fight com fontes próximas ao evento.

Desta forma, o brasileiro de 35 anos terá que aguardar mais um pouco para retornar ao octógono mais famoso do mundo. Embalado por uma vitória contra Martin Day em novembro do ano passado, Berinja havia superado o conturbado começo na organização, quando acumulou duas derrotas seguidas.

Dono de um cartel de 21 vitórias e oito derrotas como profissional de MMA, o lutador é especialista em jiu-jitsu e representa o time do veterano Marcos ‘Babuíno’.

Mais em UFC