Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Americano domina Espartano no chão e brasileiro perde a 2ª seguida no UFC

Dispostos a apagarem as derrotas em suas últimas apresentações no UFC, Geraldo ‘Espartano’ e Tony Gravely protagonizaram duelo movimentado no card preliminar do UFC Las Vegas 14, neste sábado (14). No entanto, sem nenhum dos atletas ser colocado em real perigo, a movimentação e domínio das ações fez a diferença.

E melhor para o americano, que colecionou quedas ao longo dos três assaltos disputados para vencer o brasileiro e garantir o segundo revés seguido para o cartel de Espartano. Agora, aos 29 anos, o peso-galo (61 kg) soma retrospecto negativo no evento.

Por sua vez, Gravely, atleta revelado pelo ‘Contender Series’ na temporada 2019, anotou sua primeira vitória no octógono mais famoso do mundo.

A luta


Desde o início, o atleta americano deixou claro que não estava disposto a trocar golpes em pé por muito tempo contra Espartano. Dono de forte arsenal de quedas, Tony derrubou com facilidade durante o primeiro round e usou de força física para escapar das tentativas de finalização do brasileiro. E apesar da falta de contundência do ground and pound, sua vantagem na parcial foi clara. ‘Espartano’ 9 x 10 Gravely.

No segundo assalto, Espartano conectou melhor golpes em pé e mostrou mais esforço nas defesas de quedas. No entanto, mesmo cansado, Graverly voltou a derrubar nos momentos importantes e garantiu nova vantagem graças ao posicionamento no chão. Novamente, nenhum deles se sobressaiu no quesito contundência dos ataques. ‘Espartano’ 18 x 20 Gravely.

A última etapa foi marcada pelo cansaço do americano, que encontrou dificuldades para derrubar e, nos minutos finais, lidou sequências de ataques do brasileiro, que o fez andar para trás em diversos momentos. Nada, porém, que pudesse reverter o placar. ‘Espartano’ 28 x 29 Gravely.

Confira os resultados do UFC Las Vegas 14:

Tony Gravely venceu Geraldo ‘Espartano’ por decisão dividida;
Alex Morono venceu Rhys McKee por decisão unânime;
Don’Tale Mayes venceu Roque Martinez por decisão unânime.

Mais em UFC