Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Alex Caceres lidera show de jiu-jitsu no card do UFC Las Vegas 8

Verdade seja dita, as restrições impostas pela pandemia ao cronograma do UFC, que inclui quedas de lutas e dificuldade de atletas não americanos de entrarem nos EUA, criaram um espaço extra para atletas agressivos. Não por acaso, os cards promovidos em Las Vegas, principalmente os preliminares, contam com diversos duelos que não chegam até decisão dos jurados.

Neste sábado (29), as quatro primeiras lutas do card preliminar terminaram por finalização, com destaque especial para o triunfo de Alex Caceres. De cabelos curtos, o ‘sósia’ do ator Bruce Leroy ignorou os mais de dois quilos acima do limite do peso registrados pelo rival Austin Springer e não demorou para dar fim ao combate.

Agressivo, Alex deixou para trás as críticas que sofreu após o desempenho contra Chase Hooper, em junho passado, e rapidamente levou a disputa para o chão e finalizou com um mata-leão aos 3m38s da primeira etapa. Com o resultado, o americano anotou seu terceiro triunfo no evento e já sonha com uma vaga no ranking oficial do show.

Antes de Caceres, Sean Brady, que finalizou Christian Aguilera no 2º round, Polyana Viana, que finalizou Emily Whitmire no 1º round, e Mallory Martin, que finalizou Hannah Cifers no 2º round, já haviam deixado claro que a arte suave era a grande pedida da noite!

Confira os resultados do UFC Las Vegas 8:

Impa Kasanganay venceu Maki Pitolo por decisão unânime;
Zak Cummings venceu Alessio Di Chirico por decisão unânime;
Alex Caceres finalizou Austin Springer no 1º round;
Sean Brady finalizou Christian Aguilera no 2º round;
Polyana Viana finalizou Emily Whitmire no 1º round;
Mallory Martin finalizou Hannah Cifers no 2º round.

Mais em UFC