Siga-nos
UFC/ Divulgação

Salários

Sem ‘luta da noite’, UFC premia nocauteadores com bônus de R$ 290 mil

O card do UFC Vegas 21, evento realizado neste sábado (13), contou com 13 disputas que, entre vitórias-relâmpagos e duelos interrompidos, garantiu premiação extra para quatro atletas. Todos eles, por sinal, triunfaram em suas disputas com nocautes.

Desta forma, ao contrário do que acontece normalmente, não houve uma ‘luta da noite’. E, por isso, Dan Ige, Davey Grant, Matthew Semelsberger e Ryan Spann receberam cada um o polpudo cheque de 50 mil dólares (Cerca de R$ 290 mil). 


Logo na primeira luta da noite, Matthew Semelsberger nocauteou Jason Witt no 1º round para chamar a atenção dos promotores. Já no card principal, Davey Grant nocauteou Jonathan Martinez no 2º assalto, enquanto Dan Ige e Ryan Spann venceram, respectivamente, Gavin Tucker e Misha Cirkunov no assalto inicial.

Acompanhe os resultados do UFC Vegas 21:

O duelo entre Leon Edwards e Belal Muhammad não teve vencedor (dedada no olho)
Ryan Spann nocauteou Misha Cirkunov no 1º round;
Dan Ige nocauteou Gavin Tucker no 1º round;
Davey Grant nocauteou Jonathan Martinez no 2º round;
Matheus Nicolau venceu Manel Kape por decisão dividida;
O duelo entre Eryk Anders e Darren Stewart não teve vencedor (joelhada ilegal)
Angela Hill venceu Ashley Yoder por decisão unânime;
Charles Jourdain nocauteou Marcelo Rojo no 3º round;
Rani Yahya finalizou Ray Rodriguez no 2º round;
Nasrat Haqparast venceu Rafa García por decisão unânime;
JJ Aldrich venceu Cortney Casey por decisão dividida;
Jinh Yu Frey venceu Glorinha de Paula por decisão unânime;
Matthew Semelsberger nocauteou Jason Witt no 1º round.

Mais em Salários