Ronda Rousey é a única mulher a fazer parte no Hall da Fama do UFC – Diego Ribas

Além de superar Jinh Yu Frey em sua luta de estreia no UFC, Kay Hansen recebeu outro presente bastante significativo no último sábado (27): o reconhecimento da sua principal inspiração no esporte. Através de sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), Ronda Rousey parabenizou a jovem promessa por seu triunfo e se disse ansiosa por vê-la novamente em ação.

Aos 20 anos de idade, Hansen iniciou sua trajetória no MMA profissional em dezembro de 2017, cerca de dois anos após se encantar pelo esporte ao assistir a vitória de Ronda Rousey – então campeã peso-galo (61 kg) do Ultimate – sobre a brasileira Bethe Correia. Após uma passagem pelo evento ‘Invicta FC’, a americana debutou com vitória por finalização no UFC, por meio de uma chave de braço, especialidade tanto dela como de sua ídola.

“Parabéns. Ansiosa para ver mais de você! Boa chave de braço”, escreveu Ronda Rousey.


Com o resultado conquistado no último UFC Las Vegas, Kay Hansen soma agora sete vitórias e três derrotas em sua ainda curta carreira no MMA profissional. Por sua vez, Ronda Rousey está aposentada do esporte desde 2016, quando foi nocauteada por Amanda Nunes. Desde então, ‘Rowdy’, como é conhecida, tem se aventurado na WWE (liga americana de pro wrestling) e como atriz, com participações em filmes e séries.