Jon Jones é o atual campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC – Diego Ribas/PxImages

A confusão entre Jon Jones e Dana White, presidente do UFC, parece maior e mais intensa do que de costume. Depois do cartola voltar a provocá-lo durante a coletiva de imprensa do UFC Las Vegas, no último sábado (30), o campeão meio-pesado (93 kg) perdeu a cabeça e jogou tudo para o ar.

Através de suas redes sociais, ‘Bones’ afirmou que não tem mais a intenção de defender seu título e que o deixará vago na organização para que Dominick Reyes e Jan Blachowicz, números um e três do ranking, respectivamente, disputem ele entre si.

“Reyes vs Jan pelo cinturão dos meio-pesados. Até o momento, não tenho vantagem alguma em lutar com qualquer um deles. Me avisem se vocês quiserem marcarem uma data em 2021. Espero que vocês  estejam dispostos a pagar por ela”, reclamou o lutador, que chegou a responder individualmente um fã prometendo deixar seu título vago.

Conforme relatado por Dana White, a confusão começou quando Jones teria pedido por dezenas de milhões de dólares par subir para o pesados e encarar Francis Nagnnou. Irritado, o atleta negou repetida vezes a ponto de abandonar seu título. No entanto, sempre que pode, ele volta a questionar a dificuldade do UFC em aumentar o salário de seus atletas.

“Eu faria provavelmente mais dinheiro em minha primeira luta de boxe do que em minhas três próximas lutas juntas”, finalizou.