Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

Notícias

Treinador sugere que Masvidal terá camp mais ‘fácil’ se enfrentar Colby Covington

Sem lutar desde julho de 2020, quando foi superado por Kamaru Usman, Jorge Masvidal ainda não tem um adversário e nem uma data confirmada para seu retorno ao Ultimate. No entanto, tudo indica que o americano vai ter um velho conhecido pela frente em sua próxima apresentação. De acordo com Dana White, presidente do UFC, o ‘Gamebred’ pode encarar Colby Covington, seu desafeto e ex-companheiro e amigo de American Top Team.

Exatamente por ter treinado anos ao lado de ‘Chaos’ na equipe com sede na Flórida (EUA), Masvidal parece que vai ter um camp para essa possível luta mais simples. Pelo menos é o que adiantou Mike Brown, um dos seus treinadores. Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o profissional admitiu que por eles se conhecerem tão bem, não confia que vai ter algum mistério para eles se prepararem um para o outro.

“Você treina como sempre faz, só que agora você sabe exatamente o que precisa fazer para treinar, sabe? Você sabe o que o cara faz, então é um pouco mais fácil ajustar o treinamento. Sabe exatamente quais são seus pontos fortes e fracos e não está adivinhando. Eu acho que é muito preto e branco. Você sabe exatamente o que precisa fazer, e, para ser honesto, acho que será um pouco mais fácil de treinar”, contou.

Mas como o duelo entre Masvidal e Covington ainda não está concretizado pelo UFC, ainda existe a possibilidade do detentor do cinturão ‘BMF’ (mais “durão” de todos) de encarar outro lutador. Porém, para Brown, seu pupilo só vai aceitar um duelo que lhe uma boa compensação financeira e alguma motivação a mais.

“Jorge traçou seu próprio caminho e está em posição muito merecida. Esse cara é um veterano de 50 lutas, lutou tanto tempo com todo mundo e fez de tudo. Então acho que vai ser uma luta muito grande. Ele quer alguém que seja muito grande, muito divertido, e onde ele consiga mais dinheiro com isso”, explicou o treinador da ATT.

Jorge Masvidal e Colby Covington possuem uma história curiosa. Os dois treinaram juntos por cerca de dez anos na academia da ATT (American Top Team), localizada em Coconut Creek, na Flórida, mas tudo mudou quando ambos começaram a se destacar nos meio-médios. Os amigos viraram rivais e, frequentemente, se atacam pelas redes sociais ou em entrevistas. Atualmente, Covington se encontra na primeira posição no ranking da categoria, atrás apenas do campeão Kamaru Usman, Masvidal é o quarto e o vencedor de uma eventual luta entre eles pode definir o próximo desafiante da divisão.

Mais em Notícias