Siga-nos

Notícias

Substituto de última hora quebra a banca e nocauteia em 41s no UFC Las Vegas

Se tem um lutador que tem motivos de sobra para celebrar no card do UFC Las Vegas, esse alguém é Justin Jaynes. Aos 30 anos, o americano ganhou a chance de estrear no UFC na última quinta-feira quando Matt Frevola foi retirado do card após um membro da sua equipe testar positivo para o COVID-19. Neste sábado (20), o reserva de última hora surpreendeu e ainda anotou um nocaute-relâmpago sobre Frank Camacho.

Agressivo, Jaynes partiu para cima com precisos cruzados de esquerda que balançaram as pernas do experiente rival. De costas para a grade, Camacho não teve chance e se tornou uma presa fácil para o estreante, que só parou de bater quando o árbitro interveio para preservar a integridade do veterano. Tudo isso em apenas 41 segundos.

Pediu para parar

Invicto no MMA com um cartel de cinco vitórias, Max Rohskopf entrou no octógono do UFC para fazer sua estreia na maior organização do mundo e sentiu logo de cara a diferença que poucos anos a mais de experiência podem fazer. Aos 28 anos e em sua quarta aparição no show, Austin Hubbard dominou as ações desde o início e ‘quebrou’ o rival mentalmente.

Sem encontrar soluções para chegar à vitória, Max avisou seu corner que não voltaria para o terceiro e último assalto. Head coach do atleta, o brasileiro Robert Drysdale insistiu que ele ao menos não se entregasse e que se fosse para perder, que o fizesse por pontos. Nada feito!

Assim que o árbitro pediu que os atletas levantassem para os últimos cinco minutos de combate, Rohskopf avisou ao médico que não queria mais lutar, decretando assim o final da disputa, para irritação de seu corner.

Confira os resultado do UFC Las Vegas:

Gillian Robertson finalizou Cortney Casey no 3º round;
Justin Jaynes nocauteou Frank Camacho no 1º round;
Lauren Murphy venceu Roxanne Modafferi por decisão unânime;
Austin Hubbard venceu Max Rohskopf por desistência no 2º round.

Mais em Notícias