Siga-nos
georges st-pierre
Diego Ribas/PxImages

Notícias

St-Pierre classifica vitória de Anderson Silva no boxe como inspiradora

A recente aparição de Anderson Silva no boxe, realizada em junho, no México, ainda repercute na comunidade dos esportes de combate. É bem verdade que o próximo compromisso do ex-campeão do peso-médio (84 kg) do UFC, no ringue, será contra o também veterano Tito Ortiz e acontece neste sábado (11), na Flórida (EUA), mas Georges St-Pierre ainda se mostra incrédulo com a atuação de ‘Spider’ sobre Julio César Chávez Jr..

Ao participar do programa ‘The MMA Hour’, ‘GSP’ enalteceu Anderson por ter superado um atleta especialista no boxe e que atuava em casa. Ainda impressionado com o feito do ex-campeão do peso-médio do UFC, o antigo rei dos meio-médios (77 kg) da organização colocou tal atuação no mesmo patamar das vitórias de ‘Spider’ sobre Chael Sonnen, Forrest Griffin, Stephan Bonnar, Vitor Belfort, entre outros.

No passado, parte dos fãs tratava Anderson e ‘GSP’ como rivais e até projetava a realização de um confronto. Por outro lado, o clima entre os ícones do UFC era de respeito. Tanto que St-Pierre informou que cogita seguir os passos de ‘Spider’ e migrar para o boxe. Contudo, mesmo aposentado do MMA, ‘Rush’ só poderá subir ao ringue, quando seu contrato com a companhia expirar. De qualquer forma, o canadense expressou toda sua admiração pelo veterano e classificou sua última atuação e volta por cima na carreira como inspiradoras.

“Foi uma de suas melhores performances na vida, está entre as performances de elite no MMA. A maneira como ele venceu foi incrível. Eu achei que César Chávez iria dominá-lo por causa de sua experiência no boxe. Ele pegou todos de surpresa. Foi muito inspirador ver Anderson atuar dessa forma. Que ótimo final de carreira para ele. Espero que, se ele voltar para esse tipo de luta, que valha a pena”, elogiou ‘GSP’, antes de completar.

“Que não seja apenas sobre dinheiro, mas também sobre legado. Se você analisar a última atuação dele no UFC, contra Hall, foi meio decepcionante, meio triste. Que maneira de voltar ao topo. Foi incrível. Acho que essa será uma boa luta para Anderson, porque ele está mais em sua área de especialização do que Ortiz”, concluiu.

Georges St-Pierre, de 40 anos, é dono de uma das carreiras de maior sucesso na história do MMA. Em sua trajetória no esporte, o canadense disputou 28 lutas, venceu 26, perdeu duas e conquistou o cinturão dos meio-médios do UFC e também do peso-médio. A última aparição de ‘GSP’ no octógono aconteceu em 2017 e seus principais triunfos foram diante de BJ Penn (duas vezes), Carlos Condit, Jake Shields, Johny Hendricks, Jon Fitch, Josh Koscheck (duas vezes), Matt Hughes (duas vezes), Michael Bisping e Nick Diaz.

Anderson Silva, de 46 anos, é um dos lutadores mais celebrados dos esportes de combate. Em seu auge no MMA, o brasileiro marcou época no UFC. ‘Spider’ conquistou o título do peso-médio logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade das artes marciais mistas o maior nome da história da modalidade. Seus principais triunfos foram diante de Chael Sonnen (duas vezes), Dan Henderson, Demian Maia, Forrest Griffin, Rich Franklin (duas vezes) e Vitor Belfort.

Mais em Notícias