Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

Notícias

‘Spider’ lamenta morte de ‘DMX’ e revela que vai manter música de rapper em lutas

O mundo da música perdeu uma de suas estrelas. Na última sexta-feira (9), ‘DMX’ faleceu em decorrência de um ataque cardíaco aos 50 anos, nos Estados Unidos. Para quem é fã de MMA e de Anderson Silva, sabe a importância do músico no esporte.

Pela voz do rapper na canção ‘Ain’t No Sunshine’, Anderson Silva entrava para as suas apresentações no Ultimate e marcou a história da liga. Por isso, ‘Spider’, em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, não deixou de prestar sua homenagem ao americano e adiantou que vai manter a música tema que o acompanhou por anos em sua próxima luta.

“‘DMX’ faz parte da minha vida. Estou muito triste porque ele é um homem enorme, um grande talento. Estou muito triste porque esse homem tem um grande potencial para fazer algo cada vez maior neste mundo. Para mim, ‘DMX’ é completamente diferente porque ele é muito carismático. E o talento que ‘DMX’ possui é completamente diferente. Ele é um bom ator e cantor. Estou muito triste. Com certeza, irei usar a música dele (na minha entrada da próxima luta) porque faz parte da minha vida”, afirmou

Depois de se despedir oficialmente do Ultimate em outubro de 2020, Anderson Silva agora vai se aventurar no boxe. No dia 19 de junho, o ex-campeão do peso-médio (84 kg) do UFC vai enfrentar Julio Cesar Chavez Jr., em um duelo de boxe, que acontece no México, em evento denominado ‘Tribute to the Kings’.

Anderson Silva possui um cartel de 34 vitórias, 11 derrotas e um ‘no contest’ (luta sem resultado) em mais de 23 anos de carreira no MMA profissional. De 2006 a 2013 o brasileiro foi soberano no peso-médio do UFC, com dez defesas de cinturão seguidas, um recorde na divisão, até o momento. Em sua última apresentação, ‘Spider’ foi superado por Uriah Hall, em outubro de 2020, em duelo que marcou a sua despedida do octógono.

Mais em Notícias